Assembleia de Moradoras/es do Porto: Núcleo de São Nicolau

Desde há vários anos que a especulação imobiliária e as construtoras, com o apoio aberto da câmara municipal do Porto e do Estado, têm transformado a cidade, e particularmente o seu centro histórico, num verdadeiro parque de diversões para turistas à custa da expulsão dos seus habitantes, despejados ou confrontados com rendas extremamente altas. A Assembleia de Moradoras e Moradores do Porto foi criada na zona da Vitória para resistir a este processo de limpeza social e gentrificação.


456 leituras     0 comentários
[Porto - 4 agosto] No Noise 4

Depois de três edições confinadas ao limitado espaço físico da Sonoscopia, o No Noise expande este ano o conceito de menor festival de Verão para uma área bastante mais vasta. Para manter uma coesão territorial e ética na abordagem DIY que caracteriza este festival, este ano estaremos no Convento de Francos, um espaço com cerca de 6000 metros quadrados com inúmeras salas e um grande espaço verde que é habitado diariamente por três galinhas e uma simpática família de quatro cabras.


631 leituras     0 comentários
Chamada de propostas para a Feira Anarquista do Livro 2018

Também este ano a Feira Anarquista do Livro vai voltar, nos dias 26, 27 e 28 de outubro!!!
Se quiseres participar com a tua editora/distribuidora/espaço de informação ou simplesmente vir espalhar umas palavras de subversão impressas em papel, escreve a feiranarquistadolivro [em] riseup [dot] net

Programa e info em breve!


693 leituras     0 comentários
[24-28 julho] Kova M Festival 2018

O Kova M Festival é um o festival cultural que nasceu em 2012 no Bairro Alto da Cova da Moura, o maior e mais diverso núcleo de população migrante na periferia de Lisboa. Uma iniciativa do Moinho da Juventude, em colaboração com os moradores do bairro e entidades locais e nacionais, há seis anos consecutivos que o Kova M Festival promove a integração cultural e a divulgação da cultura local e africana através de eventos de entretenimento e pedagógicos dirigidos a todas as idades.


1,139 leituras     0 comentários
Comunicado - Acção de bloqueio na MOP 2018

O bloqueio foi organizado com os seguintes objectivos: impedir a participação na MOP de um grupo empresarial, sem qualquer cunho activista; reivindicar a articulação histórica entre a resistência queer e o anti-capitalismo; combater a apropriação neoliberal de causas políticas; e recusar a conivência com um sistema que nos oprime (homonorma capitalista).


2,087 leituras     0 comentários
[14 julho] Benefit para CSO A Insumisa (Centro Social Okupado)

No sábado, 14 de julho, a partir das 18h00, organizaremos no Espaço Musas, Porto, um conjunto de actividades de angariação de fundos para a CSO A Insumisa.

Haverá uma conversa, jantar, música e uma sessão de spoken word.

Apareçam!


1,194 leituras     0 comentários
13ª Marcha Orgulho LGBT+ Porto

No dia 7 Julho às 15h encontro marcado na Praça da República para a 13° Marcha do Orgulho LGBT+ . O ano passado fomos tantas e tantos e este ano vamos ser ainda mais. Saímos à rua com o lema: Desacomoda-te e traz a tua luta também. O Movimento LGBT+ segue em marcha com o feminismo, luta Anti-racista, a justiça climática, o movimento estudantil, o direito à habitação e a viver na cidade do Porto.


2,058 leituras     3 comentários
[5 julho / Porto] Concentração contra o Racismo

Na noite de São João, Nicol Quinayas, cidadã de 21 anos, foi brutalmente agredida por um segurança da empresa 2045, empresa contratada pela STCP, quando tentava entrar para um autocarro junto ao Mercado do Bolhão, no Porto. As agressões físicas foram acompanhadas por diversas expressões racistas e xenófobas, tais como: "tu aqui não entras preta de merda, queres apanhar um autocarro, apanha no teu país”, “estes pretos não mudam”, entre outras da mesma índole.


1,475 leituras     0 comentários
Revolução em Rojava: ciclo de conversas com Anja Flach

Nos últimos anos, todos os olhares se têm voltado para o Curdistão, mais especificamente Rojava, no norte da Síria. A enorme e mediática resistência da cidade de Kobane contra o Daesh mostrou também um projecto de autonomia confederalista e anti-capitalista, com as mulheres na linha da frente da sua própria libertação.
Anja Flach foi internacionalista de 1995 a 1997 nas montanhas do Curdistão, onde partilhou a vida das unidades de guerrilha do movimento de libertação do Curdistão.


1,502 leituras     0 comentários
[29 junho/1 julho e 6/8 julho] Jornadas de saúde mental antiautoritária

Entre as tantas formas de domínio às quais os nossos corpos estão sujeitos, o esgotamento físico e emocional das nossas mentes é o mais alarmante e, sobretudo, é aquele que parece estar mais longe de ser solucionado, devido à sua complexidade e aos aspetos da esfera social com que ele está relacionado.

Na Disgraça


1,906 leituras     0 comentários
Syndicate content