consumismo

Horror Turístico

[opinião] Neste “querido mês de Agosto” estamos em plena época de férias. Altura devidamente calendarizada para enganar a rotina do ano. A condição de turista carrega em si o reconhecimento da mais plena vitória desta nossa civilização industrializada e urbanizada. Desta sociedade capitalista e de consumo desenfreado.

Neste “querido mês de Agosto” estamos em plena época de férias. Altura devidamente calendarizada para enganar a rotina do ano, para logo a retomar com as baterias recarregadas. Desejada época do ano, em que a latência do sol nos leva a mergulhar nas águas e caminhos de lazer e deste modo a mergulhar coletivamente entre os banhos de outros tantos… É então que a desejada fuga se encontra com o horror turístico.

Conteúdo sindicado
PublicarMelodias