C.O.S.A

[Setúbal] C.O.S.A. em risco de desalojo

Dois dias depois do seu 15º aniversário, a C.O.SA. recebeu a notificação de que uma ordem judicial foi iniciada pelos proprietários da casa a fim de a desalojarem. "Contra o capital que favorece a especulação imobiliária, vamos lutar de forma que não só nós mantenhamos a nossa casa, mas que também sirva de marco e inspiração de revolta em mais companheirxs.", afirmam em comunicado. E, soube-se entretanto, a resistência já se começou a organizar.

Dois dias depois do 15º aniversário da C.O.SA. recebemos a notificação de que uma ordem judicial foi iniciada pelos proprietários da casa a fim de nos desalojarem.

Há largos anos o proprietário, tendo falecido, deixou uma herança de vários imóveis a cinco indivíduos, familiares directos, que agora lhes deu na telha reivindicarem a nossa casa, tendo outros imóveis ao abandono. Foi-nos dado 30 dias (a contar desde a entrega da carta) para actuar com uma contestação, o que iremos fazer.

Syndicate content