ZAD

Urgente - Começaram as expulsões, a zad apela à mobilização

rotulado com

O governo francês vinga-se das centenas de pessoas que há uma década ocupam e vivem nestes prados e bosques, onde cultivam a terra, experimentam uma sociedade igualitária e resistem “contra o aeroporto e o seu mundo”. Milhares de polícias, blindados e helicópteros estão a expulsá-las violentamente. Estão marcadas dezenas de concentrações de solidariedade. Comunicado dos e das habitantes da ZAD.

Em janeiro passado, o abandono do projecto de aeroporto de Notre-Dame-des-Landes marcou o sucesso duma das maiores lutas de França. Lançou um eco de esperança a todas as que lutam contra o capitalismo e a pilhagem da terra, pela ecologia e a emancipação. Hoje, o governo francês vinga-se das centenas de pessoas que há uma década ocupam e vivem nestes prados e bosques, onde cultivam a terra, experimentam uma sociedade igualitária e resistem “contra o aeroporto e o seu mundo”. Milhares de polícias, blindados e helicópteros estão a expulsá-las violentamente.

Comunicado do Sindicato francês da Magistratura sobre a ilegalidade do despejo da ZAD

em
rotulado com

O Sindicato francês da Magistratura, depois de alertado pelos ocupantes da ZAD, declarou que "nesta fase do processo, a expulsão da ZAD Notre Dame des Landes seria ilegal" aos olhos do direito francês e europeu.

Nesta fase do processo, a expulsão da ZAD Notre Dame des Landes seria ilegal

Os ocupantes da ZAD de Notre Dame des Landes (NDDL), alertaram-nos acerca das graves irregularidades no processo de expulsão, a que estão sujeitos, irregularidades contrárias a vários princípios fundamentais do direito francês e europeu.

1 - O direito a um julgamento justo

ZAD Partout!

rotulado com

40 mil manifestantes convergiram para a ZAD demonstrando a sua oposição ao aeroporto e ao seu mundo, reafirmando ainda a solidariedade com os imigrantes de Calais, eles também – sobretudo – ameaçados de expulsão.

40 mil manifestantes convergiram para a ZAD demonstrando a sua oposição ao aeroporto e ao seu mundo, reafirmando ainda a solidariedade com os imigrantes de Calais, eles também – sobretudo – ameaçados de expulsão.
Eis um pequeno vídeo sobre a mobilização no dia 8 de Outubro

ZAD - Mais de 1500 hectares de Auto-gestão

rotulado com

Existe no noroeste de França um pequeno território que escapa, de facto, ao controlo da República Francesa. São 1.650 hectares de um típico bosque da Bretanha e é, sem dúvida, um dos maiores centros ocupados da Europa. Mais de uma centena de pessoas vivem ali de forma permanente em cabanas fabricadas por eles próprios com pranchas de madeira e ramos. Trata-se da ZAD: para o Estado, Zona de Ordenamento Diferido e para os seus ocupantes Zona A Defender.

Grande laboratório anticapitalista no noroeste de França

César Prieto

Syndicate content