Movimentos sociais

Movimentos sociais, apoio mútuo, espaços autogestionados, revolução social :)

12 Fev. (17h) Concentração contra a violência policial

No seguimento dos últimos espisódios de violência policial sobre populações empobrecidas e marginalizadas, os moradores da Cova da Moura (juntamente com alguns colectivos e indivíduos) apelam a uma concentração em frente à Assembleia da República para dizer "Já basta de repressão policial e ausência de direitos"

Luta contra a violência policial perpetuada há mais de 3 década nos bairros e contra a classe social desfavorecida. Questionamos o tipo de policia e a sua actuação; e exigimos direito a ter direitos, a não ser espancados, e a ocupar espaços públicos na nossa comunidade.

Editorial CMI-pt relacionado

outras notícias em CMI-pt
Kromo e LBC detidos, espancados e baleados pela PSP

Afinal quem invade quem?

Texto do Observatório do Controlo e Repressão. "Invadidos por notícias de “invasões”, deixamos aqui, (embora com mais actualizações para breve), o relato dos acontecimentos vividos hoje no Bairro da Cova da Moura e na Esquadra da PSP de Alfragide"

Notícia destacada

Invadidos por notícias de “invasões”, deixamos aqui, (embora com mais actualizações para breve), o relato dos acontecimentos vividos hoje no Bairro da Cova da Moura e na Esquadra da PSP de Alfragide:

a) No início da tarde uma patrulha da PSP da esquadra de Alfragide invadiu o Bairro da Cova da Moura, numa acção de rotina que concluiu na detenção de uma pessoa;

Presos da "Operação Pandora" saem sexta-feira em liberdade

O juiz Javier Gómez Bermúdez comunicou hoje aos advogados dos presos da Operação Pandora que amanhã, sexta-feira, 29 de Janeiro, serão emitidos os autos de liberdade condicional de todos os detidos com fiança de 3000 euros.

Notícia destacada

O juiz Javier Gómez Bermúdez comunicou hoje aos advogados dos presos da Operação Pandora que amanhã, sexta-feira, 29 de Janeiro, serão emitidos os autos de liberdade condicional de todos os detidos com fiança de 3000 euros.

Kobane libertada

Depois de 134 dias de resistência, as forças curdas do YPG/YPJ finalmente expulsaram o Estado Islâmico para fora de Kobane. Embora a batalha tenha sido ganha, a luta continua.

Por Joris Leverink

Notícia destacada

Depois de 134 dias de resistência, as forças curdas do YPG/YPJ finalmente expulsaram o Estado Islâmico para fora de Kobane. Embora a batalha tenha sido ganha, a luta continua.

Por Joris Leverink

Hoje, a resistência curda e seus camaradas de Kobane conseguiram o inimaginável: expulsar os combatentes do Estado Islâmico (ISIS) da cidade.

[Ciutat Morta] Comunicado dos familiares e vitimas da montagem politica, policial e judicial do 4F

Depois de 9 anos denunciando a montagem política, policial e judicial do 4F, estamos muito emocionados porque por fim se escuta a nossa voz. Devido à emissão na televisão catalã do documentário Ciutat Morta, o caso tornou-se conhecido por uma grande parte da sociedade, gerando um sentimento de indignação e um clamor popular a exigir a reabertura do processo nos tribunais.

Depois de 9 anos denunciando a montagem política, policial e judicial do 4F, estamos muito emocionados porque por fim se escuta a nossa voz. Devido à emissão na televisão catalã do documentário Ciutat Morta, o caso tornou-se conhecido por uma grande parte da sociedade, gerando um sentimento de indignação e um clamor popular a exigir a reabertura do processo nos tribunais.

[Riseup] Segurança não é crime

A 16/12, numa grande operação policial no Estado Espanhol, onze pessoas foram presas e enviadas para a Audiência Nacional, acusadas de incorporação, promoção, gestão e pertença a uma organização terrorista. Sete continuam detidas, a aguardar julgamento. A razão dada pelo juíz para continuar a detenção inclui a posse de certos livros, "a produção de publicações e formas de comunicação" e o fato de que os réus "usam emails com medidas extremas de segurança, como o servidor RISE UP"

https://help.riseup.net/pt/security-not-a-crime

Syndicate content