Poder e autodeterminação

Poder político, Autodeterminação/Autonomia

Acampamento e acção directa na T.O.R.Re. - ENCONTRO AUTÓNOMO

De dia 2 a 11 de Outubro acontecerão no Porto as jornadas libertárias, um encontro que pretende fomentar a convergência de ideais e práticas libertárias e anti-autoritárias. No que toca à ocupação, convidamos toda a gente a uma acampada aberta na T.O.R.RE (uma ocupação recente nos subúrbios do Porto) onde durante a semana se fará partilha de conhecimentos espontâneos sobre tácticas concretas de ocupação e abertura de espaços.

!!Apelo à participação no terreno e na organização da T.O.R.RE!! a partir de 27 de Setembro (semana de preparação das Jornadas) e mais além, tentando habitar um momento de colaboração, autogestão e participação na acção directa pela ocupação, preparando/construindo o sítio.

Desconstruir a propaganda miserabilista e mesquinha contra os ‪refugiados

As histórias que nos chegam das pessoas que fogem da guerra na Síria são trágicas, cheias de horrores e mortes. Mas não contam tudo e criou-se um espaço para espalhar boatos, mentiras e medos injustificados. Que aqui se tentam desfazer.

Notícia destacada

As histórias que nos chegam das pessoas que fogem da guerra na Síria são trágicas, cheias de horrores e mortes. Mas não contam tudo e criou-se um espaço para espalhar boatos, mentiras e medos injustificados.

REFUGIADOS RECUSARAM AJUDA DA CRUZ VERMELHA POR MOTIVOS RELIGOSOS

Solidariedade com a III Flotilha rumo a Gaza

No dia 10 de maio, o barco Marianne saiu de Göteborg, na Suécia, para se juntar, no Mediterrâneo, à III Flotilha rumo a Gaza. O barco leva um carregamento simbólico de painéis solares e equipamento médico e, no seu caminho para se juntar à flotilha, atracará em Lisboa, na marina da Expo, no dia 3 de junho. Apela-se à presença solidária.

notícia destacada

No dia 10 de maio, o barco Marianne saiu de Göteborg, na Suécia, para integrar-se no Mediterrâneo à III Flotilha rumo a Gaza. O barco leva um carregamento simbólico de painéis solares e equipamento médico para entregar em Gaza.

O objectivo da Flotilha é de denunciar o bloqueio israelita à Faixa de Gaza, que mata lentamente toda uma população cercada.

No seu caminho para se juntar à flotilha, o barco atracará em Lisboa, na marina da Expo, no dia 3 de junho.

Syndicate content