Oficina "O desenho do corpo da mulher: Para que (me) serve?"

Data: 
Wed, 22/03/2017 - 18:00
Local: 
Contrabando - Rua Mártires Da Liberdade 83, Porto

Título: O desenho do corpo da mulher
Para que (me) serve?

Duração total: aprox. 2h30
Material necessário: projetor, lápis 6b e caneta esferográfica preta, mesas para desenho, folhas A3 (1 para cada participante, gramatura maior que 120g)
Número de vagas: 10 vagas

Objetivo
Enquadrar o desenho como alternativa possível para a autorrepresentação feminina

Resumo
A ideia do evento é debatermos a representação (e autorrepresentação) do corpo feminino no desenho. Aberto para homens e quaisquer identidades de gênero, foca na ideia de tornar visível como e por quê o corpo feminino é representado, e por quem. Além disso, debateremos a autorrepresentação feminina a partir do desenho como uma resposta possível para politizar a figura da mulher dentro do universo da arte. Finalizamos com um workshop de desenhos de instrução, no qual cada participante irá elaborar um pequeno "zine" acerca dos assuntos debatidos no dia.

Programa:
Introdução:
> A representação do corpo da mulher na arte: para que, como e por quem? (Guerrilla Girls e o ativismo artístico feminista)
> Autorrepresentação como forma de contestação (HERstory of art)
> Feminismo de shopping center: empoderamento não é uma campanha publicitária! (Vulva Revolução)
> Outras representações do corpo feminino (Mulher cão — Paula Rego)
> Desenho como ferramenta: pensar, realizar, planejar através do desenho
> Vamos desenhar! Desenhos de instrução. Limite de tempo entre 3 a 5 minutos, dependendo de cada instrução.

Nos exercícios que pedem para se desenhar mulheres, fazê-lo preferencialmente de corpo inteiro.

1. Uma mulher famosa.
2. Uma mulher importante para a sua vida.
3. A mulher que você gostaria de ser.
4. Desenha uma mulher utilizando apenas 5 linhas.

Após os desenhos, reune-se a turma para discutir os desenhos.

Desenho 1: o que se visualiza quando se pensa em uma mulher famosa? Qual a imagem dela que costumamos receber?
Desenho 2: como representamos mulheres de nossas vidas? Qual o corpo feminino que temos na memória?
Desenho 3: desenho como ferramenta de planejamento e idealização.
Desenho 4: sintetizar o que é ser mulher e as dificuldades de se representar isso.

~~~

Entrada gratuita. Caso desejes, poderás fazer um donativo para nos ajudares com os custos do Festival (transportes, impressões, etc).

Em todos os eventos do Festival Feminista do Porto poderá ser feita a entrega de produtos de higiene íntima (tampões, pensos, colectores, etc), que serão posteriormente distribuídos em colaboração com a Slut Walk Porto e o Centro de Apoio ao Sem-Abrigo.

No caso de precisares de apoio com crianças para poderes comparecer a algum evento, por favor, escreve para festfeminista [dot] porto [em] gmail [dot] com, indicando o evento em questão.

https://www.facebook.com/events/125972737923901/