Serra do Açor: visita a projeto permacultural - paisagem - botânica - caminhada

Data: 
Sat, 30/09/2017 - 07:20
Local: 
Café Velasquez - Praça Velasquez - Porto

Inscrições abertas
se até 31 de julho, facilitam muito a organização
se até 31 de agosto, são aceites caso haja vaga
de 1 a 20 de setembro, prazo suplementar

Data da visita: 30 de setembro, sábado

Esta visita tem um interesse paisagístico, botânico, ecológico e de observação de um projeto em desenvolvimento de permacultura, agricultura ecológica e familiar e revitalização rural.

Para estes motivos de interesse, veja
http://www.campoaberto.pt/?p=1712051

Para se inscrever (montante de participação nas despesas, condições), veja mais abaixo.

Projeto de Permacultura de João Gonçalves e Mónica Barbosa
sábado, 30 de setembro de 2017

7:20 Agrupamento frente ao Café Velasquez, Praça Velasquez (Francisco Sá Carneiro), Porto
7:30 Partida para Chão Sobral

Vamos começar por visitar e focar uma paisagem mais selvagem, menos modificada pelo Homem, para chegarmos a uma paisagem de gestão intensiva.
1. Santuário Nossa Senhora das Preces, 2. medronhal e soito, 3. soito da aldeia do Colcurinho, 4. paisagem de agricultura tradicional em socalcos de Chão Sobral, 5. jardim bosque agroflorestal em quintal dentro de Chão Sobral.

Manhã:
Visita Guiada ao Santuário e à Aldeia do Colcurinho
10:30 - Chegada a Vale de Maceira / Santuário de Nossa Senhora das Preces - Percurso botânico.
Recepção pelo João, visita ao jardim e árvores centenárias do Santuário (Carvalho alvarinho, Cedro do Buçaco, Tília, Sequoia, Tuija, Criptoméria, Freixo, etc.)

11:15 Viagem de autocarro de 2,5 km até à aldeia abandonada do Colcurinho (entre o Santuário e Chão Sobral) com paragem de 15 minutos para apreciar o medronhal e um soito num vale escarpado.

12:00 Chegada ao Colcurinho. Visita ao soito e ao castanheiro que tem um tronco com 12 metros de perímetro. Visita a este ermo povoado com uma ponte de arco romano em xisto.

13:00 Almoço piquenique na Aldeia do Colcurinho.

Recomenda-se que cada um traga a sua manta de piquenique ou banco de campismo, sobretudo quem preferir não se sentar no chão. Cada pessoa inscrita no almoço deve trazer a sua tijela, colher, copo e guardanapos. Quem trouxer o seu próprio farnel pode degustá-lo no mesmo local.

Ementa tradicional só com ingredientes locais:
Sopa feita à lareira / Bola de milho e bacalhau feita em forno de lenha /Azeitonas /Vinho e limonada / Fruta da época

Tarde
Visita Guiada a Chão Sobral

15:00 Caminhada de 800m do Colcurinho até Chão Sobral

15:15 Visita a dois pequenos socalcos com um jardim agroflorestal de árvores jovens (na maioria plantadas por João Gonçalves)
Inclui castanheiro, nogueira, abacateiro, nespereira, damasqueiro, morus nigra, kiwi, diospireiros, framboesa, figueira, oliveira, videira, medronheiro, macieira, feijoa, azinheira, romãzeira, amendoeira, entre outras.

16:30 Visita ao sistema de permacultura em casa e no quintal da família Gonçalves – um pequeno jardim bosque agroflorestal; cozinha à lareira, com produção de carvão para compostagem/sanita seca, reutilização de águas cinzentas para irrigação das árvores, duche solar interior e exterior.

17:30 Visita e interpretação permacultural do sistema de agricultura tradicional em socalcos com foco na coesão familiar e integração do trabalho de avós, pais e netos e na gestão da água, das cabras e do ciclo de carbono nas culturas.

18:30 Regresso ao autocarro
21:30 Chegada ao Porto

COMO SE INSCREVER
Siga atentamente as instruções de modo a facilitar a organização.
A Campo Aberto agradece.

A. Data: sábado, 30 de setembro de 2017
B. Agrupamento: 7:20, junto ao Café Velasquez (Praça Velasquez=Francisco Sá Carneiro)
C. Primeiro prazo de inscrição: até 31 de agosto
D. Segundo prazo de inscrição: participação nas despesas majorada: até 20 de setembro
E. Grau de dificuldade: as distâncias a percorrer a pé são curtas e sem especial dificuldade
F. Almoço: fornecido pelos anfitriões, com preparação tradicional e produtos locais, custo €8,00 por pessoa (já incluído no montante de participação nas despesas). Caso não queira participar do almoço por favor contactar-nos para eventual redução de participação nas despesas.
G. Participação nas despesas (almoço incluído)

Para crianças e jovens até à véspera de fazerem 18 anos, o montante é o mesmo do montante de sócio, quer sejam acompanhados por sócios quer por não sócios

Primeiro prazo (até 31 de agosto):
Sócios: €35,00
Não sócios: €40,00

Segundo prazo (de 1 a 20 de setembro):
Sócios: €37,50
Não sócios: €50,00

H. Inscrições abertas

H1. Envie um email de inscrição para: atividadesca [em] gmail [dot] com
H2. No email incluir em relação a cada uma das pessoas a inscrever: nome completo e data de nascimento (por motivos de seguro coletivo contratado pela associação); para cada pessoa, se é sócio ou não sócio; email e telefone de contacto de cada pessoa
H3. Escreva no assunto do email: 30 setembro inscrição
H4. Anexe ao email um comprovativo do envio de participação nas despesas para a totalidade das pessoas que pretende inscrever. Em caso de multibanco (a opção que mais dificuldades nos levanta), se não puder digitalizar o talão, por favor informe, no email de inscrição, a data, hora e conta pagadora da transferência. Se o titular da conta não for o mesmo, informe o nome do titular.
H5. Se puder usar um descritivo, referência ou comentário, no seu sistema de envio da participação nas despesas por transferência ou por depósito numa agência da CGD, essa informação deverá seguir o seguinte modelo:
Mota30setembro
Mota é aqui apenas um exemplo e cada qual o susbtituirá por um seu nome mais corrente
H6. Nas transferências e depósitos, utilizar o seguinte IBAN/NIB
PT500035 07300003575610354

I. Condições gerais de participação

Ao inscrever-se, e pelo simples facto de se inscrever, todas as pessoas inscritas são consideradas pela organização como estando cientes das nossas condições gerais de participação nas nossas atividades. Não deixe de ver:
http://www.campoaberto.pt/?page_id=7806
Chamamos especial atenção para a condição relativa à situação meteorológica e aos casos de desistência, anulação e reembolso, ou não, dos montantes enviados para validar a inscrição.

Campo Aberto - associação de defesa do ambiente