Espaços Verdes e Vivos - um Futuro para a Área Metropolitana do Porto

Data: 
Sat, 14/10/2017 - 17:00
Local: 
Museu Municipal de Valongo - Rua de S. Mamede - Valongo

Convite a participar na primeira sessão de apresentação pública do livro
Espaços Verdes e Vivos - um Futuro para a Área Metropolitana do Porto

que decorrerá no sábado 14 de outubro, às 17:00, no Museu Municipal de Valongo (Rua de S. Mamede, tel. 222 426 490, na cidade sede do concelho).

A recente criação do Parque das Serras do Porto (que abrange também os concelhos de Gondomar e Paredes), parque com sede em Valongo e em cujo processo de fundação este município teve intervenção de relevo, levaram-nos a optar por este local, já que a criação deste Parque constituiu importante passo na defesa do património natural e paisagístico da região e de toda a Área Metropolitana.

Após a abertura da sessão pelo Presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, ou por seu representante, a direção da Campo Aberto apresentará este livro por si editado e a campanha que esteve na sua génese.

Seguidamente, a cargo de técnicos do Departamento de Ordenamento do Território e Ambiente, será apresentada uma visão de conjunto do património natural e paisagístico do concelho de Valongo, com destaque para os três espaços incluídos no mesmo livro.

A sessão termina com um debate aberto aos participantes sobre os temas apresentados, com encerramento previsto pelas 19:00.

O livro estará à venda na sessão ao preço de venda ao público (€20,00 por exemplar).

*****

Se não puder estar presente, pode adquirir o livro pelo correio (+ despesas de expedição e portes, €2,00, ou seja, por €22,00).
Envie nome e morada completa e comprovativo de pagamento para: contacto [em] campoaberto [dot] pt,
NIB 003507300003575610354

Mais informações:
Espaços Verdes e Vivos - um futuro para a Área Metropolitana do Porto «de certo modo, é um livro de memórias pois reporta-se a uma campanha levada a cabo em 2006-2008. Entretanto os autores revisitaram os lugares, atualizaram a informação e conferiram maior coerência e sentido crítico ao conjunto» (no Prefácio de Teresa Andresen, Professora Jubilada da Faculdade de Ciências do Porto, Arquiteta Paisagista).

O livro está estruturado em três partes: na primeira descreve-se a metodologia de trabalho participativo e cidadão com que foi realizada a campanha de propostas de espaços em perigo a preservar na AMP; na segunda descrevem-se e revisitam-se os espaços selecionados em cada um dos nove concelhos que então constituíam a AMP (Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia); na terceira, aponta-se para o futuro através de um curto posfácio, descrevem-se espaços verdes de interesse nos oito concelhos que só mais tarde integraram a AMP, e inclui-se uma Revista de Imprensa da época sobre a campanha e ainda alguns índices remissivos minuciosos que reforçam o valor deste livro como ferramenta de pesquisa.

Autoria e edição:
Campo Aberto - associação de defesa do ambiente, 2017; 212 páginas, formato 29,5 x 18,5 cm, numerosas fotografias, mapas e esquemas, totalmente a cores; PVP €20,00. (+ €2,00 para expedição e portes, €22,00)
contacto [em] campoaberto [dot] pt