Festival ¿Anormales? (Coimbra)

Data: 
Sun, 10/12/2017 (All day)
Local: 
República Rosa Luxemburgo - Rua Correia Teles, 2, 1º - Coimbra

De 9 a 12 de Dezembro.

...desde a América do Sul, a República Rosa Luxemburgo, com muita alegria, acolhe, em Coimbra, o Festival itinerante ¿Anormales?

¿Anormales? é um festival transfeminista itinerante na América Latina contra as violências à base do género e da orientação sexual. Milita pela despatologização das pessoas trans, e integra a Campanha STP: campanha internacional contra a patologização das pessoas trans.

Ao longo destes 4 dias, haverá uma incrível mostra audiovisual, quase toda inédita em Portugal, cuja produção provém de vários países, como Chile, Equador, Colômbia, Argentina, França, Paraguai, Perú, México.

O Festival ¿Anormales? recebe também a festiva intervenção de pessoas de Coimbra e região, mediante oficinas de fotografia, fanzines exposições, sessões de leituras, performances, debates, intervenções cênicas, jantares e festa!

PROGRAMAÇÃO (em construção):
https://sites.google.com/view/festival-anormales-coimbra/página-principal?authuser=0

SPOT:
https://vimeo.com/243155701

Misture-se à nós :-)

ENTRADA LIVRE

Por que Festi-vamos?! o/

O Festival ¿Anormales? pronuncia-se a favor de:

- A legalização e a descriminalização total do aborto (o aborto é ilegal na maior parte dos países da América Latina).
- A divulgação do sexo seguro e do impacto da SIDA (VIH/HIV).
- Contra as operações de normalização impostas às pessoas intersexo.
- Contra o sexismo, a transfobia, a lesbofobia, a bifobia, a intersexofobia, o patriarcado, o androcentrismo, contra a anormalfobia. Pela defesa de todos os direitos humanos!

Agradecimentos ♥

Todxs xs realizadorxs, músicxs, atorxs, animadorxs, artistas, poetas, pessoas voluntárias na instalação e na limpeza etc. etc... a lista realmente é muito, muito comprida, ofereceram os seus direitos e/ou a sua força de trabalho ao festival... sem essas pessoas todas, o festival não existia! Obrigades a todxs!

Agradecemos igualmente aos colectivos TransMissão (Associação Trans e Não-Binária) e Panteras Rosa (Frente de Combate à LesBiGayTransfobia) pelas traduções e legendagens dos videos documentários.

evento: https://www.facebook.com/events/1769696433040602/