Política, corrupção e ativismo judiciário: a justiça mediática no Brasil e em Portugal

Data: 
Mon, 11/12/2017 - 15:30
Local: 
Sala 1, CES-Coimbra - Coimbra

SEMINÁRIO

Política, corrupção e ativismo judiciário: a justiça mediática no Brasil e em Portugal

11 de dezembro de 2017, 15h30

Sala 1, CES | Alta

Resumo

Analisando casos recenetes de mediatização da justiça ligada ao fenómeno da corrupção, em portugal e no Brasil, o presente seminário pretende reflectir, de modo situado, sobre as implicações destes fenómenos para a democracia, para o sistema judiciário e mediático.

Intervenientes: Bruno Sena Martins (CES), João Paulo Dias (CES), Flaviane de Magalhães Barros e José Luis Bolzan de Morais

Notas biográficas

Bruno Sena Martins

João Paulo Dias

Flaviane de Magalhães Barros. Possui graduação em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1997), mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2000) e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2003).Pós-doutorado (CAPES) junto a Universita degli studi di Roma Tre. Atualmente é professora adjunta da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, professora da Universidade Federal de Ouro Preto.Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Processual, atuando principalmente nos seguintes temas: processo penal, modelo constitucional de processo, estado democrático de direito, reformas do processo penal e direito processual.Pesquisador CNPq - Produtividade em Pesquisa PQ-2 -2013

José Luis Bolzan de Morais Procurador do Estado do Estado do Rio Grande do Sul. Possui graduação em Direito pela Universidade Federal de Santa Maria (1984), mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1989), doutorado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (1995), com estágio "sanduíche" na Universidade de Montpellier I - França e Pós-Doutoramento junto à Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Atualmente é professor da pós-graduação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos e da Universidade de Itaúna, Procurador do Estado do Estado do Rio Grande do Sul, Coordenador de Núcleo de Estudos da Escola Superior da Magistratura, membro do conselho consultivo do Instituto de Hermenêutica Jurídica, Consultor ad hoc da CAPES, CNPQ, FAPERGS, FAPESC, FAPEMIG e Università degli studi di Roma Tre e professor convidado da pós-graduação - Universita de Firenze, Universita Roma I, Universidad de Sevilla e Universidade de Coimbra, coordenador do Grupo Estado e Constituição (CNPq) (GEPE&C) e da Rede de Pesquisa Estado & constituição (REPE&C). Pesquisador PQ/CNPq. Membro do Grupo de Especialistas para a Reforma da legislação de migrações do MJ/SNJ. Membro da CNEJ/CFOAB (2013/2015) e da Comissão de Mediação da OAB/RS. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Teoria do Estado e Direito Constitucional, atuando principalmente nos seguintes temas: constituição, estado, direito, jurisdição e direitos humanos. E experiência administrativa acadêmica como diretor de curso de graduação e de pós-graduação (mestrado e doutorado), bem como de gestão universitária.

http://ces.uc.pt/pt/agenda-noticias/agenda-de-eventos/2017/politica-corr...