JAZZ no MIRA _ Nuno Trocado Quarteto

Data: 
Fri, 26/01/2018 - 21:30
Local: 
Mira Fórum - Rua de Miraflor, 139 - Porto

Nuno Trocado Quarteto com:

Nuno Trocado (guitarra)
José Pedro Coelho (saxofone)
Diogo Dinis (contrabaixo)
Miguel Sampaio (bateria)

Sinopse:

Acompanhado por músicos reconhecidos da cena portuense, Nuno Trocado propõe uma exploração dos standards do jazz e de composições originais dos membros da banda.

Biografias:

Nuno Trocado
Nuno Trocado é um guitarrista e compositor que cruza várias constelações musicais contemporâneas. É licenciado em Jazz e mestre em Composição e Teoria Musical pela Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo, no Porto, interessando-se pela combinação entre a espontaneidade da improvisação e o rigor da composição algorítmica. Estudou ainda na Escola de Jazz do Porto, onde também foi professor. Entre outros cursos e workshops, em 2014 integrou o ensemble do seminário de composição orientado por Guillermo Klein no Centro Cultural de Belém. Tocou com vários projectos na Casa da Música, Fundação Serralves, Centro Cultural de Belém e em vários festivais, clubes e auditórios do país. Em Maio de 2014 foi lançado o disco de estreia do colectivo Pãodemónio, de que é membro. Em 2015 apresenta ao público o primeiro projecto como líder, intitulado Borboletas e Canhões. Tocou no grupo da Residencial Porta-Jazz com o trompista holandês Morris Kliphuis. Compôs uma peça para o projecto Maquinista, apresentado na Estação de S. Bento. Integra o quarteto Rodong-4, com Hugo Ciríaco, Diogo Dinis e Tó Torres. Participou na edição de 2017 do festival Guimarães Jazz com Cotovelo, um espectáculo de cruzamento disciplinar música/teatro criado em residência artística no âmbito do festival, e com edição discográfica prevista para 2018. Colabora com a fotógrafa Dária Salgado e com o contrabaixista Sérgio Tavares no projecto Elegia. Escreveu música para o Coreto Porta-jazz. Mantém ainda o Nuno Trocado Quarteto, com formação variável, dedicado à exploração quer dos "jazz standards" quer de composições originais dos seus membros.

José Pedro Coelho
José Pedro Coelho, nascido em 1984, é um saxofonista e compositor residente no Porto. Licenciado em Jazz-Performance pela ESMAE - Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo, estudou com Carlos Azevedo, Paulo Maciel, Nuno Ferreira, Michael Laurent, entre outros. Participou na 1ª Big Band Nacional da Juventude dirigida por Pedro Moreira. Recebeu a distinção de solista revelação na 2ª Festa do Jazz do São Luiz. Desde 2003 que integra a Orquestra de Jazz de Matosinhos. Entre os músicos e projetos com quem tem vindo a documentar o seu trabalho, figuram Mário Barreiros, André Fernandes, Demian Cabaud, Diogo Vida, Iago Fernández, Susana Santos Silva, Baba Mongol, Low Budget Research Kitchen (música de Frank Zappa), Coreto, Gonçalo Marques ou Júlio Resende. Conta atualmente com cerca de vinte participações discográficas.
Lidera o seu próprio quinteto, com quem gravou “Clepsydra” em 2012, e trabalha regularmente com um dos seus mais recentes grupos, o Ensemble Super Moderne, que lançou um álbum em 2014 com o mesmo nome.
É membro fundador da associação Porta Jazz, constituída por músicos de jazz e que tem por objectivo de dinamizar o panorama do jazz na cidade do Porto.

Diogo Dinis
Diogo Dinis começa a frequentar a escola de jazz do Porto aos 14 anos na classe de baixo eléctrico. Mais ou menos por essa altura forma um trio que durou largos anos e onde muitas experiências musicais aconteceram, os “blue seat project”. Mais tarde ingressa no conservatório de Tuy, o qual que não foi concluido para deslocar a sua residência para o Porto, onde ingressou na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo para a licenciatura em jazz, contrabaixo. Termina em 2013 com 18 de nota final de recital. Encontra-se agora no mestrado de ensino da música, variante jazz.
Leccionou em diferentes escolas, nomeadamente a Jump school, jazz ao norte, escola de jazz do porto, etc. Neste momento é docente na academia de Valença e em Monção. Tem participações em várias formações e discos, entre as quais Zagorro, Ibertet, Marcel Pascoal quartet/sextet, Sexteto Nuno Trocado, Trio Eurico Costa, Sexteto Daniel Costa, etc.
Ganhou 2 prémios na festa do Jazz do São Luiz: Uma menção honrosa pela Escola de Jazz do Porto e melhor combo pela ESMAE.
Tem já algumas colaborações com a Orquestra de Jazz de Matosinhos e com a orquestra de jazz de Espinho com quem teve oportunidade de tocar com solistas como Marshall Gilkes, Andy Hunter, João Mortágua, etc.
Como professores destaca: Pedro Barreiros, António Augusto, Demian Caboud, Nuno Ferreira, Pedro Guedes, Carlos Azevedo, Paulo Perfeito, Mario Santos, Abe Rábade, entre outros…
Participou em inúmeras workshops com músicos como: Michael Blake, George Colligan, Jaleel Shaw, Ej Strickland, Josh Ginsburg, Samir Zarif, Lars Dietrich, John Escreet, Zack Lober, Greg Ritchie, Ohad Talmor, Dan Weiss, Jacob Sacks, Matt Pavolka, Drew Gress, Mark Ferber, Tony Malaby, Ralph Alessi, Jorge Rossy, Peter Bernstein, Bill McHenry, Joe Martin, Bruce Barth, etc.

Miguel Sampaio
Nascido no Porto a 1987, Miguel Sampaio é Baterista.
Terminou o curso de Jazz e Música Moderna na prestigiada Escola Superior de Música, Artes e Espectáculos do Porto (ESMAE) onde estudou, entre muitos, com Michael Lauren, Nuno Ferreira, Abe Rabade, Carlos Azevedo, Telmo Marques e Pedro Guedes. Estuda com o reconhecido professor de Bateria Michael Lauren há aproximadamente 6 anos e esteve presente em Masterclasses com Steve Gadd, Gerald Cleaver, Bruno Pedroso, Alexandre Frazão, Ben Street, Andrew D’Angelo, entre outros.
Em retrospectiva, inicia o seu percurso musical aos 8 anos em Ovar, onde teve aulas de Guitarra Clássica. Apesar de uma longa interrupção, recomeça os seus estudos aos 15 anos com aulas particulares de Bateria. Mais tarde ingressa na Escola de Jazz de Torres Vedras onde estuda com Sílvia Mendonça, José Menezes, Afonso Faria, Paulo Carvalho, Amândio Filipe e João Maurílio, mais tarde ingressa na Escola de Jazz do Porto onde estuda com Pedro Barreiros e José Marrucho.
Miguel Sampaio participa regularmente nas actividades artístico/criativas de uma nova geração de ambiciosos músicos na Cena de Jazz do Porto, entre eles: Luís Castro, Ricardo Moreira, Carlos Garrote, Rogério Francisco, Diego Alonso, Artur Castro, António Pedro (AP), Diogo Dinis, Gonçalo Sarmento, Wilson Correia, José Soares, Higino Andrade, Jonas Anjo, Filipe Louro, Gustavo Dinis e em diversas formações diferentes. Conta já com actuações com os experientes Mário Laginha, Maria João, Carlos Azevedo, Marta Hugon e Luísa Sobral, em conjunto com a recente Big Band “Estarrejazz”. Não ficando por aqui, participa já em dois discos gravados intitulados de “Zero Point Energy” e “Zinc Tank” ao lado de Gio Yañes - ascendente Músico na cena do Jazz Espanhol e outro mais com o Trio de jazz - “Trinó”, disco gravado ao vivo na Porta-Jazz (Associação que tem sido responsável por dinamizar o jazz na cidade do Porto). Teve também o privilégio de actuar com artistas como Kari Ikonen, Eurico Costa, Pedro Barreiros, Ben Street e Andrew D’Angelo (contexto de abertura de Jam, Guimarães Jazz) por um curto prazo de tempo. Fora da cena do jazz tem também ligação a projectos como “Maria Rui” e “Lavoisier”, entre outros.
Miguel Sampaio reside actualmente no Porto e é actual docente na Escola de Jazz do Porto onde lecciona a disciplina de Bateria.

***
Contribuição sugerida 5€ (reverte integralmente a favor dos músicos)

evento: https://www.facebook.com/events/538207596545677/