Debate com o Professor Jorge Paiva sobre a Floresta Autóctone

Data: 
Sat, 17/03/2018 - 14:45
Local: 
Porto

A Campo Aberto subscreveu o Apelo para uma Aliança pela Floresta Autóctone e é, juntamente com o FAPAS - Fundo para a Proteção dos Animais Selvagens e o Movimento Alvorecer Florestal (movimento informal na internet), uma das três associações que dá apoio logístico permanente à Aliança.

Temos por isso o prazer de anunciar que a Aliança iniciará em 17 de março, sábado, às 14:45, no Porto (no centro, em local a designar em breve), um Ciclo pela Floresta Autóctone, série de debates em que sucessivas diferentes pessoas e em diferentes locais apresentarão a sua visão para a recuperação da Floresta Autóctone.

O primeiro interveniente, em 17 de março, será o biólogo, ecólogo e ecologista Jorge Paiva (ver perfil mais adiante). Um segundo debate ocorrerá em meados de maio, em Aveiro em princípio, com Helena Freitas, Professora e Investigadora da Universidade de Coimbra, coordenadora do Centro de Ecologia Funcional dessa Universidade e da Cátedra Unesco em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável.

Note-se que os convidados para a intervenção inicial nestes debates poderão ser ou não subscritores do Apelo para uma Aliança pela Floresta Autóctone. Independentemente disso, manifestam livremente a sua opinião sem estarem sujeitos a qualquer compromisso com a Aliança a não ser o de colaborarem na sessão em causa.

Qualquer pessoa pode já inscrever-se para participar nesse primeiro debate. A entrada é gratuita mas a inscrição obrigatória. Serão aceites donativos facultativos, de montante fixado pelo próprio, a entregar no local, destinados a despesas com a organização do Ciclo referido acima. Para a inscrição basta enviar nome, email, e telefone de contacto (para o caso de alguma emergência) de cada pessoa a inscrever, para:
florestautoctone [em] gmail [dot] com

Informe deste debate os seus amigos, colegas e outros contactos, e convide-os a visitarem e a assinarem o Apelo:

https://florestautoctone.webnode.pt

Reproduzimos em anexo, com autorização do Autor, Jorge Paiva, um pequeno texto veiculado como parte de um cartão de Boas Festas de 2017.

Campo Aberto - associação de defesa do ambiente

SOBRE JORGE PAIVA: Jorge Américo Rodrigues de Paiva nasceu em Cambondo (Angola), a 17 de Setembro de 1933. Licenciou-se em Ciências Biológicas pela Universidade de Coimbra e doutorou-se em Biologia pelo Departamento de Recursos Naturais e Medio Ambiente da Universidade de Vigo (Espanha). Como investigador e professor: atualmente aposentado (mas continuando benevolamente a sua obra de investigador junto do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra), foi investigador principal no Departamento de Botânica da Universidade de Coimbra, onde lecionou algumas disciplinas, tendo também lecionado, como professor convidado, na Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, nos Departamentos de Biologia das Universidades de Aveiro e da Madeira, na licenciatura de Arquitetura Paisagista da Universidade Vasco da Gama de Coimbra, no Departamento de Engenharia do Ambiente do Instituto Superior de Tecnologia de Viseu e no Departamento de Recursos Naturais e Medio Ambiente da Universidade de Vigo (Espanha). Como bolseiro do Instituto Nacional de Investigação Científica (INIC) trabalhou durante três anos em Londres nos Jardins de Kew e na Secção de História Natural do Museu Britânico. Como fitotaxonomista tem percorrido a Europa, particularmente a Península Ibérica, Ilhas Macaronésicas, África, América do Sul e Ásia, tendo também visitado a Austrália. Pode ainda encontrar informações sobre a sua obra como Autor, como Palinologista e como Ambientalista no seguinte endereço:
www.campoaberto.pt/?p=1711374