Afrin não está só. #WorldAfrinday em Coimbra

Data: 
Sat, 24/03/2018 - 17:30
Local: 
Sé Velha de Coimbra - Largo da Sé Velha - Coimbra

AFRIN NÃO ESTÁ SÓ

No 20 de Janeiro, um conluio de forças militares ligadas ao Daesh, com o mandato do Estado Turco e o apoio da NATO, iniciou a invasão do cantão de Afrin, um dos territórios autónomos em que ganhou vida o processo revolucionário do confederalismo democrático curdo. Há poucos dias atrás, as forças de ocupação entraram na cidade, com uma operação militar denominada "Ramo de Oliveira": um enorme massacre de civis, muitas das quais refugiadas em Afrin para fugir à guerra que a guerrilha armada das milicias curdas resiste desde Janeiro. O presidente turco Erdogan celebrou como uma libertação aquela que é de facto uma limpeza étnica, levada avante na indiferença do mundo ocidental e no silêncio cúmplice dos mídia internacionais. A destruição da população curda significa também a destruição da sua história, do seu território, de tudo o que representa a sua identidade: cerca de15.000 árvores de oliveira foram destruídas em Afrin - foi a partir deste início da operação militar que esta tomou nome - a oliveira tornou-se assim no emblema deste projecto de extermínio e, ao mesmo tempo, é um símbolo das raízes profundas da resistência curda. A comuna de Rojava lançou um apelo por uma jornada global de solidariedade com Afrin: o 24 de Março - último dia das celebrações do Newroz, o ano novo curdo. No #WorldAfrinDay, nas praças de todo o mundo iremos expressar a nossa solidariedade, faremos sentir que Afrin não está só na sua resistência ao fascismo do estado islâmico e do ditador Erdogan: a resistência de Afrin é a resistência de todas e todos nós.

Encontro na Oliveira Milenar da Sé Velha de Coimbra, Sábado 24 Março 17:30h

Para actualizações sobre a jornada segue a hashtag #WorldAfrinDay e #NoFlyZone4Afrin

Para mais informações sobre a situação em Afrin
https://rojavaresiste.wordpress.com/
https://www.facebook.com/SolidariedadeCurdistao/
https://anfenglish.com/