Apresentação do livro «Não foi para morrer que nós nascemos»

Data: 
Mon, 16/04/2018 - 18:00
Local: 
Palacete Viscondes de Balsemão - Praça Carlos Alberto, 71 - Porto

No Palacete dos Viscondes de Balsemão, à Praça Carlos Alberto (Porto), vai ser debatido e apresentado o livro «Não foi para morrer que nós nascemos» O Movimento Ecológico do Porto (1974-1982), de Bruno Madeira. Na segunda-feira 16 de Abril, às 18:00.

É uma iniciativa conjunta do CITCEM - Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura Espaço e Memória - Faculdade de Letras do Porto, e da Campo Aberto - associação de defesa do ambiente. O livro é uma coedição do CITCEM e das Edições Afrontamento.

De autoria do historiador Bruno Madeira, com base na sua dissertação de mestrado, o livro será apresentado por José Carlos Costa Marques, interveniente no período considerado e atualmente presidente de direção da Campo Aberto. A frase inicial do título é uma citação de Jorge de Sena em «A Morte, o Espaço, a Eternidade».

A entrada é livre e não está sujeita a inscrição prévia.

Campo Aberto - associação de defesa do ambiente