9ª Marcha Contra a Homofobia e Transfobia de Coimbra

Data: 
Thu, 17/05/2018 - 17:00
Local: 
Jardim do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha - Coimbra

Foi a 17 de Maio de 1990 que a Assembleia Geral da Organização Mundial de Saúde decidiu retirar a homossexualidade da sua lista de doenças mentais. Sendo este um marco muito importante na defesa dos direitos LGBT, esta data foi estabelecida como o Dia Internacional e nacional de Luta Contra a Homofobia e a Transfobia.

Em Portugal, a descriminalização da homossexualidade só acontece em 1982. Em 2004 consegue-se uma importante alteração na Constituição da República Portuguesa, no Princípio da Igualdade (artigo 13), mas as negociações foram duras, e consegue-se incluir apenas a orientação sexual e não a identidade de género, que continua sem estar contemplada, ainda nos dias de hoje.

Ainda assim, princípio de Igualdade à parte, o casamento entre pessoas do mesmo sexo só haveria de ser possível em 2010 e as leis relativas à parentalidade só em 2016 veriam a luz do dia. De 2011 é a primeira Lei de Identidade de Género e comemoramos este ano, 2018, uma nova lei que por fim se baseia na autodeterminação de género das pessoas.

Nada nos foi dado. Foram conquistas conseguidas através de muitas frentes de luta, nas ruas, nas marchas, dentro dos partidos políticos, etc. O papel do ativismo lgbt e queer português, nas suas variadas e distintas frentes, foi e continua a ser chave nestes processos.

No que diz respeito a Coimbra, a realidade das pessoas lgbt/queer continua a ser, de certa forma, silenciada. Os relatos de homofobia são alguns. Sendo uma cidade universitária, a praxe académica está pejada de homofobia e sexismo, contribuindo em muito para a não integração de estudantes. Casais do mesmo sexo, pessoas trans e não binárias continuam a ser alvo de olhares reprovadores ou ataques verbais nas ruas, parques, e até mesmo restaurantes ou bares de Coimbra. A cidade continua, à data de hoje, sem um espaço de lazer assumidamente LGBT+. Por todos estes motivos se tornou importante assinalar o dia 17 de Maio, em Coimbra e continuamos, nesta 9ª edição, a marchar pela visibilidade e respeito da diversidade no que respeita à orientação sexual e à identidade de género.

A Plataforma Anti Transfobia e Homofobia de Coimbra convida-te à participação nesta Marcha. Além dos motivos enunciados, marchamos este ano, especialmente, pela defesa das pessoas trans e não-binárias, pelas suas livres decisões, pelo acesso efectivo aos cuidados de saúde, para quem decide tê-los, por um serviço médico livre de transfobia, por espaços públicos livres de transfobia. Por uma sociedade, e por uma Coimbra, mais justa e mais diversa.

Programa:

17h00: Concentração no Jardim do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha
17h30: Partida com percurso: Avenida João das Regras; Ponte de Santa Clara; Praça da Portagem; Rua Ferreira Borges e Visconde da Luz.
Final: Praça 8 de Maio.

00h - Festa no Aqui Base Tango

Mais informação na página oficial:

https://www.facebook.com/pathmarchacoimbra/

evento: https://www.facebook.com/events/862182693988896/