Tudo o que queres saber sobre a Palestina

Data: 
Wed, 30/05/2018 - 19:00
Local: 
Gazua - Rua de João das Regras, 151 - Porto

Um momento íntimo de perguntas-respostas sobre tudo o que sempre quiseste perguntar sobre a Palestina na Gazua (i) com a presença do palestino Zakri Odel e petiscaria vegano-palestina.
_____
Passaram 70 anos desde a Nakba (“catástrofe”). Pois em 1948, com a "declaração de indepêndencia" de Israel deu-se a expulsão e a fuga de mais de 700.000 palestinos. Sairam de casa levando as chaves sem saber como e quando regressariam. Mas a Nakba tem sido um processo contínuo e, hoje em dia, a população palestina constitui a maior população refugiada deste nosso mundo. A repressão praticada pelos sucessivos governos do Estado de Israel passa pela ocupação de corpos e territórios, pelo controlo sistemático do ar, da terra e do subsolo, pela destruição de vidas, casas e infraestruturas. Tudo isto com o consentimento tácito do ocidente e o corroborar dos media que nos dizem que Israel é a única democracia do médio-oriente, mas estamos perante a única democracia judaica. Será ainda uma democracia?
_____

Zakri Odel é palestino refugiado de Lifta, vila de onde a sua família foi expulsa em 1948. Vive, trabalha e luta em Jerusalém. Formado em Direito e Política, com pós-graduação em Relações Internacionais, mestrado em Desenvolvimento Económico e Social e em Administração, é actualmente director executivo de uma coligação palestina pelos direitos humanos.
_____
19h Petiscaria perguntas- respostas com Zakri Odel
21h Inauguração da Gazua como Espaço livre de Apartheid Sionista, Racismo e Anti-semitismo

i-) Condições de acessibilidade:
Em termos de acessibilidade a pessoas com diversidade funcional, convém referir que a estação de metro da Trindade é a mais próxima do local. Da saída do metro até à Gazua, a distância é de cerca de 600 metros. Existem ainda autocarros (11M e 703).
Infelizmente, o espaço desta actividade é de acessibilidade reduzida. Tem escadas de acesso ao primeiro piso e à cave/jardim. Nem os corredores nem as casas de banho estão preparados para pessoas com diversidade funcional, sendo a largura dos mesmos convencional e não existindo barra lateral de apoio nem uma largura suficiente das portas que permita a manobrabilidade de cadeiras de rodas, por exemplo.

Disponibilizaremos um conjunto de pessoas para auxiliar em necessidades de mobilidade. Em caso de dúvidas ou para a exposição de questões/pedidos, contactem-nos, por favor, através do seguinte email: gazua [dot] porto [em] gmail [dot] com

evento: https://www.facebook.com/events/622378554794357/