Cinema ao ar livre: Ruído ou as troianas e Ângulo morto

Data: 
Mon, 13/08/2018 - 21:30
Local: 
Casa da Achada - Centro Mário Dionísio - Rua da Achada, 11, R/C - Lisboa

Enquadrado no ciclo «Outra sociedade – à volta das ideias de Ivan Illich», que revisita as ideias de Ivan Illich (1926-2002) e a sua crítica radical das sociedades industriais da segunda metade do século XX, a Casa da Achada – Centro Mário Dionísio propõe para este Verão um ciclo de cinema ao ar livre sobre MODOS DE HABITAR.
Projectados entre dois prédios que em breve deixarão de ter vizinhos para dar lugar a mais alojamento local, os filmes escolhidos (ficções e documentários) são uma pequena amostra de diferentes modos de habitar. Da burguesia e da classe operária, dos bairros do centro e da periferia, das crianças e dos velhos, de ontem e de hoje. E, quem sabe, de amanhã.
Habitamos a cidade, habitamos o campo, mas também habitamos as ruas, os espaços devolutos, as casas e os cemitérios. E o que fazemos com esses espaços? E com o tempo que neles passamos?
--

Nesta sessão apresentamos «Ruído ou as troianas» de Tiago Afonso:

«Pois nós somos inertes, compreendeis?
Nada mais podemos
excepto esperar e padecer. Inertes, mas – pobres de nós! – conscientes.»
As Troianas de Eurípides, por Jean-Paul Sartre.

e «Ângulo morto» de Regina Guimarães:

No Porto, as traseiras são mais ingénuas e irremediavelmente vividas do que as fachadas. Lugares onde se viveu de mais e, por isso mesmo, podem ser esquecidos. Ou passar despercebidos.

Apresenta os filmes Tiago Afonso.
Entrada livre.

evento: https://www.facebook.com/events/2117277671675887/