Butoh e Identidade | Conversa com Marlene Jöbstl

Data: 
Wed, 17/10/2018 - 19:00
Local: 
Gazua - Rua de João das Regras, 151 - Porto

Butoh e Identidade

Conversa com Marlene Jöbstl (Marlene Butô)
17 de Outubro
Local: GAZUA - Rua João das Regras, N. 151
4000-293 – Porto

ENTRADA LIVRE

O butoh nasce num contexto de ocupação estrangeira, ocupação bélica, física, politica, social, cultural e espiritual. O butoh nasce de uma preocupação, de uma necessidade de identidade por parte dxs ocupadxs. O butoh nasce no Japão, então é uma arte japonesa? Exclusivamente por e para japonesxs? Desde há uns anos que Marlène Jöbstl (com dupla cultura França e Aústria) investiga o tema da identidade no seu butoh, com o seu último solo «Himno Secreto» e com os seus workshops «Quien es mi cuerpo».

20 e 21 de Outubro | Liberdade | Workshop de Butoh com Marlene Jöbstl https://www.facebook.com/events/528758814204819

Marlène Jöbstl
« Butô-ka »

//Coreógrafa, bailarina, professora e bailarina de butô, encenadora e actriz, improvisação e performance. A sua estreia como encenadora foi em Viena, 1993. Fez formação em teatro com Jacques Lecoq em Paris, 1998 e com Philippe Gaulier em Londres, 2000. Estudou dramaturgia com Michel Azamoa em 2001. Criou o seu primeiro solo “Limit” para o FIU de Salamanca. Durante a criação em Paris conheceu a bailarina de butô Yumiko Yoshioka, em 2002, e foi uma revelação; o butô está entre o teatro e a dança é uma forma de expressão artística, um caminho para a liberdade cénica. Criou FEM um solo com influências de butô no movimento e na escrita poética. Continuou a sua formação em butô em diferentes cidades do mundo como Tóquio, Berlim, Nova Iorque, com Yumiko Yoshioka e vários mestres, especialmente Yoshito Ohno, Daisuke Yoshimoto, Atsushi Takenouchi. Ao longo dos anos criou numerosos/vários solos, o último foi Secret Hymn 2017 Barcelona; vários duos, o último Ichi Ban 2017 Paris, com Jorge Loiotile; dirige e coreografa apaixonadamente solos e diversos grupos de pro/amadorxs/crianças, sempre revelando a arte «on the edge», na ponta da espada. Como performer investe em espaços peculiares, festivais e galerias, valorizando a especificidade única do momento , site-specific performance art. Impulsionada pelos seus mestres, Marlène desenvolveu a sua pedagogia de dança butô desde em 2007 em Paris focando-se na investigação artística. Vive em Barcelona, dirige, cria e dança, dá workshops de butô regularmente e neste período também em Cadiz, Ibiza, Portugal, Paris e Vienna.

«My art is a peaceful warrior who, ready to dance, seizes the moment.» M.J.

Fotografia de: Bárbara Pereira
Organização: Resisdansu Butoh

evento: https://www.facebook.com/events/267119907466082/