Diana Combo | Folclore Impressionista + Marco Franco

Data: 
Sat, 03/11/2018 - 22:00
Local: 
Smup Parede - Rua Marquês de Pombal 319 - Parede

Diana Combo explora o som e a música em vários contextos criativos, frequentemente multidisciplinares.
Movimentando-se dentro e fora do âmbito académico (licenciatura em Som e Imagem, aluna de mestrado em Artes Musicais), no país e fora dele, as inúmeras experiências sonoras e performativas têm cruzado o conhecimento mais intuitivo e DIY com a teoria e a aprendizagem específica de cada forma de expressão.
O resultado é a consolidação de uma abordagem experimental ao som que se tem manifestado em práticas de turntablism e apropriação sonora, edição e design de som, composição e interpretação, instalação e video, entre outras.
Em salas de concertos, no teatro ou no cinema, em residências e workshops, a solo ou em colaboração, as fronteiras entre áreas criativas e entre o individual e o colectivo têm sido constantemente questionadas e diluídas no seu trabalho.

Sobre a performance "Desacordo"
Diana Combo apresenta uma performance que combina sons gravados a partir das recolhas de Michel Giacometti e outras fontes, com pontuações ao vivo de percussão e voz.
A distância espacial e temporal entre o agora e cada momento correspondente aos vários fragmentos originais marca a discrepância de fundo que a combinação de vozes tenta superar, numa espécie de harmonia desconcertante.
Ora se ressuscitam os mortos, ora se regressa a um tempo perdido, a partir das sensações de se poder ter lá estado, com aqueles vivos de outrora, que o fado fez esquecer.
www.cronicaelectronica.org/artists/Siria

Marco Franco, construtor zeloso dos silêncios amarra-os em subtilezas invisíveis. Deuses invejosos do seu mester e temendo que engendrasse um universo perfeito desenharam-lhe forma humana, para que a cada nota tocada nos conduza à primeira das nossas condições - a condição humana. Dos seus gestos, do entrelaçar das suas mudras sentimo-nos mais próximos daquilo que somos - seres infinitamente frágeis, seres de vontade indómita. Seres como o Marco.
Desde que abraçou, recentemente, o piano e editou Mudra (2017) o Marco tem demonstrado uma rara capacidade nos dias que correm - saber escutar. Numa época de estridência, de discussões muitas vezes espúrias, irritações mesquinhas é sempre bom lembrar que o trabalho se tece com persistência, com uma pesquisa interior incessante e com a capacidade rara de falar através de descansos e pausas. Curiosos, muito curiosos, por saber como se desenvolverá o diálogo entre o Marco Franco e Folclore Impressionista.
https://rvlv.bandcamp.com/album/mudra

Os Folclore Impressionista são hauntologistas que acreditam na existência de espaços hauntológicos próprios, gerados por memórias culturais e geografias específicas.
Este entendimento da hauntologia como uma sensibilidade construída à volta da ideia de espectro, do simultaneamente presente e ausente, mas caracterizada por memórias culturais e geografias específicas, investigadas através das estratégias operativas da Psicogeografia, é fundamental na estética dos Folclore Impressionista.
Folclore Impressionista é um processo de pesquisa, que em concerto se desdobra em estruturas transitórias e irrepetíveis, assumindo cada uma delas mais um marco neste processo. Colaborações com Bruno Silva, Nuno Afonso, Diana Combo, Helena Espvall, Luis Vicente, Bruno Humberto, Maria do Mar, Carlos Godinho, Miguel Mira, Violeta Azevedo e Rui Esteves (música), e João Fonte Santa, Xavier Almeida e Pedro Petiz (artes plásticas) reforçam não somente a condição de colectivo mutável, tanto na forma, como no tempo, como a perseverança na compreensão mais profunda dos fenómenos.
O seu mais recente trabalho CAMPOS ESPECTRAIS vol. 1 – Who is This, Who is Coming? (Nariz Entupido - 2018) foi o resultado de mais um desses momentos de pesquisa sonora e visual. No Vale do Côa, território bem mais amplo do que aquele confinado aos limites da cidade. Território amplo, de intrincadas relações, relações essas nem sempre do domínio do tangível e que servirá de base ao concerto a ser apresentado.
www.facebook.com/folcloreimpressionista | https://folcloreimpressionista.bandcamp.com

evento: https://www.facebook.com/events/1852851571498011/