Apelo da T.O.R.R.E.

Esclarecimento sobre ameaça de despejo e apelo para o fim-de-semana.

Na Quarta-feira, dia 15 de Julho de 2015 fomos visitados pela polícia. Mostraram à pressa um papel, informaram-nos da sorte que tínhamos de nos mostrarem um papel e disseram que para além de estarem ali a cumprir ordens, seguindo uma denúncia da Junta de Freguesia, tínhamos até ao fim de semana para sair daqui.

Pelo que nos parece, isto não passa de uma tentativa informal das autoridades locais despejarem a casa com recurso a estratégias de intimidação: uma ordem de despejo requer uma série de procedimentos legais absolutamente inexistentes nesta abordagem. Alegam que ninguém pode permanecer aqui e que, para além de a propriedade não pertencer a nenhuma das pessoas que cá está, há queixas de vandalismo e entrada forçada.

Não será demais referir que o imóvel esteve negligenciado, de portões rebentados e abertos e segundo informações de alguns dos residentes da zona, vinha a ser pilhado há mais de um ano, como é aliás facilmente comprovado com uma simples visita ao espaço.
Rejeitamos com veemência as acusações feitas por parte das autoridades supostamente competentes de vandalismo e destruição da propriedade. Esclarecemos ainda que essas atitudes não se coadunam com a essência do projecto que tentamos erguer, a da criação de um espaço livre, construídos pelas nossas próprias mãos para usufruto de toda a comunidade interessada.
Aliás, é bem visível a melhoria quer do aspecto, quer da segurança do edifício desde o momento da sua ocupação há cerca de seis semanas, que pode inclusivamente ser testemunhada pela vizinhança. Os terrenos anexos à casa têm progressivamente vindo a ser limpos tendo em vista a construção de uma horta comunitária, as janelas restituídas à fachada, os buracos abertos têm vindo a ser tapados. Os trabalhos na casa têm-se focado principalmente na recuperação e limpeza tentando deste modo criar um ambiente seguro e confortável para que se possa posteriormente avançar com a programação de atividades regulares.

As vontades têm erguido de novo a casa e o seu terreno e assim queremos que continue a ser.

------------------------------------------------------------------------------------------------------

Considerando então não apenas os últimos acontecimentos mas principalmente a vontade do projecto crescer e tornar-se não só um local para a comunidade mas também num ponto de encontro para todos aqueles que partilham a ideia e o desejo da libertação de espaços e do fazermos por nós mesmos face aos poderes dos gabinetes, apelamos à presença de todos durante o fim-de-semana de 18 e 19 de Julho, para que em conjunto possamos dar um futuro à TORRE.

Quem estiver interessado pode facilmente passar a noite por cá, existe muito espaço para acampar!

A TORRE fica na Rua da Fábrica, nº 150 em Pedras Rubras, a 100m da estação de metro de Pedras Rubras.

http://torre.noblogs.org/post/2015/07/17/esclarecimento-sobre-ameaca-de-...

Apelo da T.O.R.R.E.

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas