‘Sim’ vence referendo sobre a construção de aeroporto em Notre Dame Des Landes | A luta continua na ‪#‎ZAD‬!

‪#‎Nantes‬ ‘Sim’ vence referendo sobre a construção de aeroporto em Notre Dame Des Landes | A luta continua na ‪#‎ZAD‬!

Ontem, mais uma vez, ficou evidente que os referendos não são necessariamente actos democráticos. Quando o aparelho de estado leva a cabo campanhas manipuladoras repletas de argumentos falaciosos, quando os mass media tomam posição e tratam de forma desigual os vários argumentos, quando é dado a 50%+1 dos votantes a possibilidade de impôr a sua vontade ao resto da população, é difícil chamar a estas consultas de democráticas.

OS RESULTADOS

O referendo sobre a construção de aeroporto em Notre Dame Des Landes realizou-se ontem em Loire Atlantique e deu a vitória ao ‘Sim’ (55,17%), com uma participação de apenas 51,08% dos 975 000 eleitores do departamento. Isto quer dizer que apenas 28% dos eleitores chegaram para decidir ‘democraticamente’ sobre a construção do aeroporto. E a realidade é bem mais assustadora quando vamos aos resultados por localidade.

Nas localidades próximas do local onde o aeroporto está projectado, onde as populações serão mais afectadas e mais informadas sobre o projecto, a participação foi massiva e o ‘Não’ teve vitórias bastante expressivas. Notre Dame des Landes teve uma participação de 75% e o Não venceu com 73,6% dos votos. A tendência verificou-se em todas as freguesias circundantes: Vigneux de Bretagne (69,4% para o não, 75% de participação), Temple de Bretagne (68%, participação de 72%), Grandchamps-des-Fontaines (67%, participação de 68%), Fay de Bretagne (60%, participação de 72%), Malville (60%, participação de 64%) e Héric (55,5%, participação de 68%).

Já em Nantes, a capital do departamento, a participação foi mais modesta (46,6%) e o sim ganhou por apenas 100 votos. As localidades onde o sim teve mais expressão foram as mais afastadas do local do novo aeroporto (onde na generalidade a participação não foi tão significativa) e as que circundam o aeroporto que actualmente serve Nantes.

Ou seja, uma minoria dos eleitores das zonas mais afastadas decidiu-se pelo ‘Sim’ e por isso, segundo este belo sistema ‘democrático’, as pessoas que grandemente se opõem a este aeroporto inútil terão que viver com ele. Mas a luta continua.

Mapa dos resultados por localidade

ALGUNS DOS FALSOS ARGUMENTOS DA CAMPANHA DO SIM
via Non à l'aéroport à Notre Dame des Landes | https://goo.gl/VRLkDQ

1 - O Aeroporto Nantes-Atlantique está saturado
Este aeroporto tem relativamente pouco tráfego aéreo comparado com outros aeroportos que também só têm uma pista, como o de San Diego (EUA), que serve 4 vezes mais passageiros anualmente. Em 2014, apenas houve atrasos em 0,4% dos voos. Para além disso, pode expandir-se o aeroporto se necessário (há espaço reservado para uma hipotética segunda pista).

2 - O aeroporto Nantes-Atlantique é demasiado barulhento
Ao contrário de informações transmitidas amplamente, os dados de Direcção Geral da aviação civil apontam para uma diminuição do ruído. Para além disso, há vários aeroportos cujo ruído perturba muito mais gente - 56 mil são afectados pelo de Toulouse, para apenas 5 mil pelo de Nantes.

3 - O projecto de aeroporto de Notre Dame des Landes vai gerar empregos
A construção do aeroporto representa 700 empregos durante 4 anos, mas a maioria deles serão trabalhadores destacados, pelo que terá pouco impacto na economia local. Mesmo esse pequeno impacto positivo será irrisório comparado com o possível fecho do aeroporto de Rennes, a fragilização da fábrica da Airbus associada ao actual aeroporto e a destruição de 200 postos de trabalho ligados ao sector agrícola.

Pela campanha pelo Não, vários especialistas apontaram 10 razões para não construir o aeroporto em Notre Dame des Landes, em plena zona protegida. Estas razões, ao contrário da campanha pelo sim, baseiam-se em dados concretos e estudos sérios. Podem ser consultados em bit.ly/295DN1T e referendum-aeroport.org

NA ZAD, A LUTA CONTRA O AEROPORTO CONTINUA!

Como várias componentes do movimento anti-aeroporto haviam já demonstrado, o enquadramento, o processo e o próprio conteúdo da consulta foram tendenciosos. O referendo, tendencioso à partida, não representa para o movimento mais que uma etapa na longa luta por um futuro sem aeroporto em Notre Dames des Landes.

« A luta continua a partir desta noite. Sabemos que os ataques do governo e dos pro-aéroporto se vão reforçar. Da nossa parte, não vamos portanto parar de viver, cultivar e proteger estes ecossistemas.»

Declaração colectiva do movimento na noite do referendo

Guilhotina.info

‘Sim’ vence referendo sobre a construção de aeroporto em Notre Dame Des Landes | A luta continua na ‪#‎ZAD‬!

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas