Os movimentos sociais e as vigarices sociais

  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: INSERT into captcha_sessions (uid, sid, ip_address, timestamp, form_id, solution, status, attempts) VALUES (0, '6oocll56ae50krpamtam81cof4', '54.211.50.5', 1406828023, 'comment_form', 'b716b88c8a04ef717f32f812a3b57e48', 0, 0) in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.inc on line 99.
  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: UPDATE captcha_sessions SET token='75a7edc0754f40b822c720b96c610a01' WHERE csid=0 in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.module on line 216.
  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: UPDATE captcha_sessions SET timestamp=1406828024, solution='1' WHERE csid=0 in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.inc on line 111.

Intróito
1 - O Congresso do Alterne
1.1 - Introdução
1.2 - Abordagem sociológica
1.3 – A Declaração do Alterne
2 – O grupinho “Que se lixe a Troika”

http://grazia-tanta.blogspot.pt/2012/11/os-movimentos-sociais-e-as-vigar...

Comentários

O texto acima publicitado é

O texto acima publicitado é um excelente exemplo das baforadas delirantes daqueles que pretendem sabotar as lutas sociais. Ao invés de defender ou propor um movimento, um protesto de rua, uma acção por mínima que seja o autor entretém-se a desancar todos, mas todos os movimentos que se tem desenvolvido nos últimos tempos.
Uns porque são de iniciativa do PC/CGTP como se fosse pecado um partido ou uma central sindical conduzirem a contestação ao governo e a troika, outros porque são de iniciativa de movimentos infiltrados por militantes do BE como se fosse heresia permitir que cidadãos com filiação politica intervenham em plataformas apartidárias. Numa arrazoada de calunia, má fé e muitas vezes de paranoia lá vai tentando arrazar tudo e todos que se mexem para mobilizar as massas contra o governo e a Troika.
Nas entrelinhas percebe-se sem dificuldade que o autor aspira a que tudo esteja no maior sossego. Atente-se neste paragrafo a propósito do grupo Que se Lixe a Troika «Em torno da greve geral e da estadia da Merkel – para a qual os “Que se lixe a Troika” se apressaram a convocar uma marcha até Belém para interromper o sono de Cavaco – é possível que haja problemas». Ora ai está. Que chatice se houver problemas. Problemas é coisa que o autor do artigo não quer na linha aliás dos desejos do ministro das finanças que nos quer o melhor povo do mundo.
Para o autor todas as acções que tem estado a ocorrer nos últimos tempos e passo a citar «promovem o cansaço e o afastamento de quantos não apreciam levar porrada da polícia, apesar desta se ter mantido muito cordata».
Para o autor percebe-se que seria preferível que a contestação tivesse contado apenas com um «Global Noise» ou seja com meia dúzia de pessoas passeando caçarolas pelas ruas de Lisboa. Felizmente tem sido muitos milhares a manifestarem a sua oposição ao governo e a troika. Claro que o autor não aprecia estes movimentos. Podem trazer problemas, abalar a paz social e era tão bom se fossemos o melhor povo do mundo. Felizmente estamos a deixar de o ser.

resposta

Nada disso.
1 - Só não vê quem não quer que os partidos da "esquerda" institucional são um instrumento destinado pelo poder para o controlo social
2 - Desde 2010, que têm procurado desvirtuar quando não podem controlar as movimentações que surjem. É para isso que o Estado lhes paga
3 - Peregrinações a S. Bento ou a Belém é o acentuar junto da multidão a ilusão de que o poder atual quer intervir em favor dos trabalhadores e do povo em geral
4 - Quem achar que leva a melhor em lutas de galos com a polícia anda a brincar. Quem quiser confrontar o regime que procure formas menos primárias de o fazer
5 - o artigo é tanto mais realista perante o quadro geral a que assistimos. A esquerda institucional nada acrescenta; as pessoas não esperam nada dela; e a contestação AUTÓNOMA vem-se esboroando
6 - O capital financeiro, a troika, Gaspar e CAvaco agradecem aos aldrabões e aos anjinhos que sonham com tomadas de S. Bento
Meu caro, em Portugal a coisa está mal

pois

pois

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas
PublicarMelodias