Israel continua a destruição de Gaza e o assassinato da população civil

Mais de 80 pessoas, muitas delas crianças, já morreram desde quarta-feira nos ataques indiscriminados do exército sionista.

Difícil descrever com palavras o significado da criminal ofensiva sionista, hipocritamente apoiada polos EUA e a UE, que estão semeando Gaza de morte e destruição como parte da pré-campanha eleitoral do líder ultradireitista Benhamin Netanyahu.

Famílias inteiras assassinadas, prédios destruídos e pânico entre a população indefesa de um território sucessivamente martirizado nos últimos anos pela repressão sionista. Além das mais de 80 vítimas mortais, o número de pessoas feridas ultrapassa já as 700 no momento de atualizarmos esta crônica.

Continua a ler aqui

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas
PublicarMelodias