ERC preocupada com segurança de repórteres nas manifestações

  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: INSERT into captcha_sessions (uid, sid, ip_address, timestamp, form_id, solution, status, attempts) VALUES (0, 'm501bm2k556t9qtfbv1jaii3d4', '54.81.177.140', 1406681772, 'comment_form', '126dbee7186706f67a62259451cd3157', 0, 0) in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.inc on line 99.
  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: UPDATE captcha_sessions SET token='cf3fbbdfcd35aa8448cb546145553875' WHERE csid=0 in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.module on line 216.
  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: UPDATE captcha_sessions SET timestamp=1406681772, solution='1' WHERE csid=0 in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.inc on line 111.

«Pessoalmente, o que me está a preocupar mais neste caso é a situação dos câmaras das televisões, nomeadamente a dos [operadores de] câmaras da RTP e os jornalistas da RTP em futuras manifestações, que a gente sabe que vai haver muitas», disse à Lusa Carlos Magno, referindo-se à polémica sobre o alegado envio de imagens da RTP não editadas da manifestação que terminou em confrontos em frente ao Parlamento, para fora da estação pública de televisão.

«Esta matéria é extremamente delicada. Convém que a opinião pública a discuta, porque, do meu ponto de vista, isto é mesmo matéria de regulação saber quem é que faz o quê na sociedade. A polícia é polícia, os jornalistas são jornalistas e existem regras para o poder editorial e existem regras para a captação de imagens em espaços públicos devidamente regulamentadas pela Comissão Nacional de Proteção de Dados», avançou ainda.

Para o presidente da ERC, «estas coisas são claras. Acho que é matéria que temos que gerir com muito cuidado, com muita sensatez, mas é bom que isto se discuta. É bom que se discuta esta questão», sublinhou.

O diretor de Informação da RTP, Nuno Santos, demitiu-se ontem, quarta-feira, dia 21, na sequência da alegada disponibilização a «elementos estranhos» à RTP de imagens não emitidas da manifestação junto ao Parlamento no passado dia 14, que a DI demissionária nega.

Na sequência da demissão de Nuno Santos, a administração da estação afirmou em comunicado que «responsáveis da Direção de Informação facultaram a elementos estranhos à empresa (...) imagens dos incidentes» que ocorreram no dia da greve geral, em frente ao Parlamento.

O CA da RTP disse ainda no mesmo documento que "não foi consultado ou sequer informado, nem sobre qualquer pedido, nem sobre a presença de elementos estranhos à empresa, dentro das suas instalações"

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas
PublicarMelodias