Adesão à greve dos trabalhadores da Soflusa foi de 100%

A adesão à greve parcial dos trabalhadores da Soflusa, empresa responsável pelas ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa, é de 100%, adiantou à agência Lusa António Almeida, do Sindicato dos Fluviais.

"A [adesão à] greve foi de 100%. Todas as ligações estiveram interrompidas entre as 05h00 e cerca das 08h30, hora em que começou a circular o primeiro barco", disse António Almeida.

O sindicalista referiu ainda que os trabalhadores ainda vão parar à tarde e só depois vão fazer um balanço da greve e decidir o que fazer a seguir uma vez que ainda não foram contactados pelo conselho de administração da empresa para tentar resolver a situação.

Também fonte da Transtejo disse à Lusa que as estações estiveram encerradas devido ao devido ao terceiro e último dia de greve dos trabalhadores da Soflusa, tendo as ligações fluviais sido retomadas às 08h20.

Os trabalhadores da Soflusa marcaram uma greve parcial de duas horas por turno para os primeiros três dias de 2013, paralisação que afecta as ligações entre as duas margens nos períodos das horas de ponta da manhã e tarde.

Desde as 05h00 de hoje que não havia ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa, estando prevista outra paragem para o período entre as 16h00 às 18h55.

Em causa está o desentendimento entre a administração e os sindicatos sobre a integração de subsídios nos salários base.

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas
PublicarMelodias