Supremo Tribunal Federal é racista

Instituição jurídica respeitada até patrocinar limpeza étnica em Raposa Serra do Sol, no norte do país, o STF vem se tornando uma das instituiçôes mais racistas do país. Para estes majistrados, "Homem bom" é só indio, trabalhador e produtor rural é bandido. E tal não ficou somente em tese, mas os critérios racistas do STF se efetivaram em Raposa Serra do Sol e Suiá Missu (Vale do Araguaia), quando os magistrados, juntamente com o governo federal agrediram os trabalhadores e produtores destas regiôes.

Em pleno seculo 21 vemos instituiçôes republicanas patrocinarem limpeza étnica em território brasileiro. Tudo para a gradar aos picaretas do CIMI (Conselho Indigenista Missionário), Survival International e ONU. Enquanto agradam estrangeiros picaretas, brasileiro é tratado à bala e porrete. Não bastava o executivo e o legislativo serem corruptos, os magistrados da Suprema Corte também não querem ficar pra trás.

Fonte: Blog da resistencia Suiá Missu

Galeria
Resistindo ao imperialismo da picaretagem indigenista

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas
PublicarMelodias