Polícia Federal pratica crime de ocultação de cadáver.

A morte misteriosa de YVES HUBLET, escritor.

Em 2005, Yves Hublet, escritor, PUBLICAMENTE, não apenas acertou umas BENGALADAS num cara chamado José Dirceu, como tbm, acusou-o de “corrupto e mau caráter”, diante de todas as câmeras, enquanto esse tal Dirceu estava respondendo acusação por chefiar o MENSALÃO…

Depois do episódio das "bengaladas", Yves não teve mais sossego, e se viu obrigado a mudar-se para a Bélgica, por possuir dupla cidadania.

Porém, no 1º semestre de 2010, com 72 anos de idade, Yves teve que vir ao Brasil para tratar de assuntos particulares…

YVES HUBLET, 72 ANOS, FOI PRESO PELA POLÍCIA FEDERAL RAPIDAMENTE.

E EM 26/07/2010 FOI DECLARADO MORTO NO PRESÍDIO, EM BRASÍLIA, ONDE ESTAVA ENCARCERADO. AUTORIDADES ALEGARAM CÂNCER COMO CAUSA DA MORTE.

SEU CORPO FOI CREMADO IMEDIATAMENTE, SEM QUE NENHUM FAMILIAR TIVESSE ACESSO OU FOSSE CONSULTADO.

AINDA HOJE OS FAMILIARES DE YVES TEMEM VIR PARA O BRASIL.

In memorian Yves Hublet 2010.

Galeria
Polícia Federal do Brasil: Praticando crimes e ocultando os corpos das vítimas. Jornal brasileiro O Estado de São Paulo.

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas
PublicarMelodias