Mohamed Fizazi morto pela polícia em Fes, Marrocos

  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: INSERT into captcha_sessions (uid, sid, ip_address, timestamp, form_id, solution, status, attempts) VALUES (0, '48etbrmlta0nu7q3p6fol7pmq0', '54.91.113.91', 1406953762, 'comment_form', 'ed1b1cfd948f38b161b08d9f386eabef', 0, 0) in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.inc on line 99.
  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: UPDATE captcha_sessions SET token='c55f1b13e67821e4ee1b710ff44f91d3' WHERE csid=0 in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.module on line 216.
  • user warning: Table './drupal_indymediapt/captcha_sessions' is marked as crashed and last (automatic?) repair failed query: UPDATE captcha_sessions SET timestamp=1406953762, solution='1' WHERE csid=0 in /usr/share/drupal6/sites/all/modules/captcha/captcha.inc on line 111.

Um estudante marroquino, Mohamed Fizazi, de 22 anos, morreu como consequência de disparos da polícia marroquina, há cerca de uma semana.

Na cidade universitária de Fes, a polícia interveio para dissolver a concentração de estudantes que protestavam contra as condições académicas, assim como reivindicavam a liberdade dos estudantes presos na prisão de Aïn Kadouss.
A intervenção policial provocou numerosas detenções e feridos. Ainda, observaram-se muitas apreensões, como é pratica habitual da polícia marroquina - em Sidi Ifni, Ait Bouayach, Boukidan, a polícia entrou em casas particulares e estabelecimentos comerciais, levando tudo o que queriam com total impunidade.
O estudante e militante da UNEM (Unión Nacional de Estudiantes Marroquíes), Mohamed Fizazi, foi selvaticamente baleado e abandonado em sangue. Levado às urgências do hospital Hassan II, morreu no sábado, dia 26 de Janeiro, de traumatismo craniano.
Mohamed, natural de Taounat, tinha 22 anos e estudava Literatura Inglesa na Faculdade de Letras de Fes.

Nestes dias, a tensão tem sido grande no campus universitário de Fes, onde os estudantes e a UNEM têm organizado concentrações e assembleias estudantis.

http://estrecho.indymedia.org

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas
PublicarMelodias