(TEXTO) O PCP E A DEFESA DO NACIONALISMO ANTIEUROPEU

Um texto clarificador sobre as opções pequeno-burguesas e nacionalistas do PCP, de Jorge Valadas, publicado no nº.2 da revista libertária "Flauta de Luz" Aqui: http://colectivolibertarioevora.wordpress.com/2014/04/16/texto-o-pcp-e-a...

Comentários

CC

CC

PG

PG

SM

SM

RI

RI

TU

TU

NQ

NQ

TL

TL

EK

EK

os nossos antepassados

os nossos antepassados morreram pra ter DIREITO a votar.....

JW

JW

ou seja, vamos votar no

ou seja, vamos votar no ps/psd-cds ou apenas nao votar para continuarmos a beneficiar dos privilegios do FMI .... acho que sim! a culpa é SEMPRE do vermelho!

por isso é que o povo não

por isso é que o povo não vota.... é preferivel ter um banqueiro a liderar que um vermelho....

"No passado, o 10 de Junho

"No passado, o 10 de Junho era chamado o «Dia da Raça»». «Raça» lusitana. Nessa época, durante o período da ditadura do Estado Novo, falava-se muito de heroísmo e orgulho na nação. De patriotismo e nacionalismo.
O patriotismo é considerado uma manifestação de amor ao Estado. Já o nacionalismo esse fundamenta-se na defesa do território e na ideia de que o próprio país é «superior» a todos os outros.
É assim que surgem as identidades assassinas. Identidades que se fundamentam no ódio ao diferente, ao estrangeiro, que se sentem ameaçadas pelos que apresentam valores, costumes, culturas diferentes das suas. Assassinas, porque em todo o lado esse nacionalismo nos tem dividido, nos tem oposto em guerras a diferentes níveis, causando massacres ou perseguições religiosas ou políticas."
de um comunicado antifascista

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas