Rumo a Gaza

São três os barcos que este ano se vão fazer ao mar e tentar romper com o bloqueio.

Porque a normalidade que nos vendem a partir de Gaza não é aceitável. Porque o propalado fim do bloqueio é uma farsa. Porque ninguém sabe como se sobrevive em Gaza depois de ter sido devastada desta maneira. Porque Israel não pode continuar a fazer da Palestina um gueto sem nenhumas condições de humanidade.

Desde 2008 que esta é das acções que mais feridas impõe ao colonialismo, pelo que a sua continuidade e o seu aprofundamento é parte do caminho para acabar de vez com a barbaridade.

Lê o manifesto da coligação internacional aqui.

Via Comité de Solidariedade com a Palestina e Plataforma BDS-Portugal.

por Handala

Galeria
Rumo a Gaza

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas