Atenas: Acerca das medidas restritivas impostas a Evi Statiri

Evi Statiri suspendeu a greve de fome no dia 2 de Outubro de 2015, quando o conselho judicial competente decidiu conceder-lhe liberdade condicional a partir da prisão preventiva. As condições restritivas impostas sobre ela, ao que parece, incluem:

– Proibição de sair do âmbito territorial do Estado grego.

– Apresentar-se às autoridades 3 vezes ao mês.

– Residência obrigatória num lugar determinado.

– Limite de circulação de um kilómetro, à volta do seu domicílio.

– Proibição de se comunicar com xs acusadxs no mesmo caso e com o seu companheiro sentimental, Gerasimos Tsakalos.

Atualizações à medida que cheguem

Relacionado: http://pt.contrainfo.espiv.net/2015/10/04/atenas-atualizacao-da-situacao...

http://pt.contrainfo.espiv.net/2015/10/06/atenas-acerca-das-medidas-rest...

Galeria
Atenas: Acerca das medidas restritivas impostas a Evi Statiri

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas