#AltPt #Lisboa Direcção da FCSH censura e boicota a nova Associação de Estudantes

A FCSH decidiu retirar várias faixas colocadas no edifício e pintou de branco um mural na parede exterior da Faculdade. O mural e as faixas pretendiam marcar o início das actividades da nova gestão da AEFCSH - UNL, que ganhou as últimas eleições com um programa intransigentemente anti-fundação, anti-propinas, feminista, queer, anti-racista e anti-xenofobia.

Podiam ler-se nas faixas mensagens como “Por um ensino justo, democrático e inclusivo”, “A lei só é até deixar de ser”, “Não te rendas” e “A Fundação não entra aqui”. A direcção da Faculdade recusou ainda devolver as faixas. Como a Associação de Estudantes aponta, a pintura do mural é completamente legal, de acordo com a Lei da Propaganda e as normas patentes na Constituição da República Portuguesa | https://www.facebook.com/AEFCSH.UNL/posts/1304698286252370

A cerimónia de tomada de posse, na quarta-feira, foi boicotada pelos representantes dos órgãos da Direcção da Universidade Nova de Lisboa e da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Este boicote foi decidido por “solidariedade institucional” pois “as faixas denegriam a imagem das instituições da faculdade”.

Estes acontecimentos só tornam (ainda mais) evidente a gritante falta de voz e de democracia nas universidades.

Comunicado da AEFCSH | https://www.facebook.com/AEFCSH.UNL/posts/1304678369587695

Guilhotina.info

Galeria
#AltPt #Lisboa Direcção da FCSH censura e boicota a nova Associação de Estudantes

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas