Acção da Plataforma Anti-Fundação ontem em Coimbra

Acção da Plataforma Anti-Fundação ontem em #Coimbra

Algumas dezenas de pessoas reuniram-se ontem à frente da Reitoria da Universidade de Coimbra a pretexto da eleição do Presidente do novo Conselho Geral. À hora em que os burocratas se reuniram à porta fechada, mais de 40 pessoas reuniram-se em mais uma Assembleia Anti-Fundação nas escadas da Reitoria.

Nesta Assembleia foi decidido receber com pompa e circunstância duas figuras cruciais na aprovação do RJIES, regime que abriu as portas das Universidades públicas ao Regime Fundacional. Ambas vão visitar Coimbra no próximo fim-de-semana no âmbito do Encontro Nacional de Estudantes de Sociologia – José Sócrates no sábado (13h) e Alberto Martins no domingo (10h) | Mais info

O Conselho Geral, pelo seu lado, escolheu o seu Presidente: João Caraça, uma das 10 personalidades externas à UC que dele faz parte. Para além de Presidente do Conselho Consultivo da COTEC (Associação Empresarial para a Inovação), foi director da Fundação Calouste Gulbenkian em França, entre 2012 e 2016. Ficam mais uma vez evidentes as contradições de uma universidade que se diz "pública" e de algum modo "democrática", mas onde as "personalidades externas" têm mais representação do que estudantes e funcionários juntos. | Mais info

Roubado da Guilhotina.Info, onde podes ver as fotos

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas