Empresas de trabalho temporário facturaram 1,2 mil milhões de euros

A facturação das 230 empresas de trabalho temporário existentes em Portugal cresceu 7,3% em 2016, chegando aos 1.175 milhões de euros. Estas empresas tiveram a seu cargo, em 2015, 84.089 pessoas, 11,6% mais do que no ano anterior. Os principais “clientes” destas empresas de trabalho temporário são os call centers.

A maior parte destas empresas encontra-se na capital. A zona de Lisboa concentra um total de 110 empresas, e a zona Norte, com 83 operadores, são as que contam com o maior número de empresas.

Guilhotina.Info

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas