[#Kurdistão] Quem combate o terrorismo e o que faz o ocidente?

Campanha conjunta entre Azadî. Plataforma de Solidaritat amb el Poble Kurd e Ivardia Produccions

Hoje em dia na Turquia, ser membro do movimento pela libertação do Kurdistão, ser afim a este movimento, ou simplesmente ser kurdo ou kurda tornou-se motivo de perseguição.

Na Turquia, vivem cerca de 20 milhões de kurdos e kurdas que estão a sofrer, há 50 anos, a repressão brutal do Estado turco. A falta de liberdade de expressão, a perseguição a qualquer tipo de expressão de cultura kurda, o assédio militar constante a diferente povoações de maioria kurda... son a cara invisivel da falsa democracia que Erdogan e o Estado turco estão a construir na Turquia.

O projecto sociopolitico que os e as militantes kurdas propoem para o Kurdistão norte ( região kurda dentro do território nacional turco) e, em geral, para Turquia e para o Médio-Oriente, é o Confederalismo Democrático. Uma organização da vida baseada na livre associação de municipios, comunas, assembleias populares, cooperativas, associações de mulheres... que está baseado em três pilares : a ecologia, a democracia radical e a libertação da mulher.

Direcção, produção e montageme: IVARDIA Produccions
Guião: Azadî Plataforma y IVARDIA Produccions
Edição digital: Coni Docolomasky
Som: Diego Pedragosa

Participações no video:
Sílvia Tomàs, Llibreria Aldarull, Col·lectiva'T, Alba Sotorra, IVARDIA Produccions, Sónia Moll, CUP, Xavi Sarrià, Cesk Freixas, Gatamaula, Lágrimas de Sangre, Can Tonal de Vallbona, EMBAT, Arran, Acció Llibertària de Sants y Azadî Plataforma.

Com legendas em : Kurdo, Português, Catalão, Castelhano, Inglês e Turco

No youtube aqui | http://bit.ly/2oRjV8x

Guilhotina.info

Video
Ver vídeo

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas