Revolta toma as ruas de #Londres contra assassinato policial

#Justice4Edson

Edson da Costa faleceu a 21 de Junho num hospital, depois de ter sido violentamente detido em Londres. Fonte dos #ACAB refere que «acreditam que foi usada força e gás lacrimogéneo durante a detenção», mas que essa acção não resultou em lesões, tendo Edson morrido devido a uma indisposição. Já as testemunhas, não acreditam, mas sabem que Edson foi agredido pela #polícia durante a detenção, ao ponto de ter sido imobilizado com um joelho no pescoço. O relatório oficial preliminar da morte não conseguiu detectar lesões, nem conseguiu estabelecer a causa da morte de Edson... Os familiares de Edson afirmam que os médicos confirmaram múltiplas lesões internas e perda temporária de visão devido ao gás lacrimogéneo.

Ontem milhares de pessoas vieram para as ruas protestar este homicídio, exigindo justiça. Tendo sido confrontado por uma barreirra de colegas dos assassinos que queriam conversar e propagar a versão oficial do sucedido, em vez de realmente tentarem que se faça justiça. Este golpe de relações públicas correu mal e a população em fúria atacou a polícia, incluindo a esquadra de Forest Gate, onde Edson foi assassinado. Jornalistas no local acreditam que 6 membros da polícias foram feridos, mas apenas 2 foram hospitalizados.

Fonte e vídeo

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas