(OPINIAO) Manif Anticapitalista 5 Marco, aconteceu?

Dossier relacionado: 

À boa maneira portuguesa, uma manifestação anticapitalista foi convocada (sem se saber muito bem por quem) para o passado sábado de carnaval, 5 marco, em lisboa.

chegados la, pouco mais de 40 pessoas apareceram, acabando o numero por se compor, passadas umas horas, em poucos mais de 80...

algumas cervejas, uns charros e umas horas passadas ao sol e começa o murmúrio que não sairíamos em procissão... decisão essa tomada por inercia, por algum grupo (dos tais que a convocaram?)...

mais uma hora de varias tentativas, por parte de alguns, de iniciar uma assembleia (e mais umas cervejas e charros) e finalmente alguém questiona o porque de não sairmos do sitio, gerou-se então uma discussão sobre se deveríamos ir ou não, com um forte bloqueio silencioso por parte de quem convocou as jornadas, e acabou-se por discutir a participação na manif de 12 de marco e partir em direcção ao rossio, pelo passeio, liderados pela banda de samba, num cortejo, algo entre desfile de carnaval e festa de rua, com direito a alguns espasmos onde se gritou "anti-capitalistas" e por vezes "nao pagamos a vossa crise"

julgo que o cortejo la juntou mais de 100 pessoas a certa altura, mas fomos sendo, mesmo assim, acarneirados por um só policia (um só agente que, como um bom pastor, nos apertava no passeio, aos 100 carneiros que seguiam, sem grande participação, a banda de samba)

esta pode ser uma descrição um pouco derrotista da manifestação, que teve os seus pontos altos (incluindo a invasão do macdonalds), mas, passado 3 dias, é a primeira a tentar fazer um relato da mesma.

----

é espantoso a falta de processo decisivo e de envolvimento dos participantes numa manifestação que se diz de base, na minha opinião essa falta vem do comité (porque foi assim que o senti) que convoca, ou do erro de não se estabelecerem coordenadores ao convocar a mesma.

faltou coordenar uma assembleia, que deveria ter começado logo que se começa a espalhar o boato de que não iremos sair do jardim

um grupo coordenador do percurso e alternativas existentes

faltou animar a malta, parabenizando a banda de samba pelo esforço, mas uma manif anticapitalista nao pode ser só samba e uma faixa a dizer "fora socrates" correndo o risco de ser vista como uma marcha folclórica de carnaval...

faltou (e é algo que é bastante frustrante acontecer, principalmente para informar quem fica curioso, e saber que não aconteceu merda) um relato (aqui no indymedia) logo a seguir...

-----

pistas para um 12 de marco com representação anti-capitalista seria preparar faixas e sloganes possantes e contagiar a geração à rasca que quem precisa de se sentir à rasca não somos nos, são os bancos e o estado...

Comentários

Sinceramente... quem escreveu

Sinceramente... quem escreveu o relato que acabei de ler, devia ponderar ele/a próprio/a os motivos para a SUA presença na mencionada manifestação.
Primeiro que tudo, pela descrição, parece que as pessoas se encontraram para apanhar sol ou fumar charros e beber cerveja (coisas que vi fazer meia dúzia de pessoas) ... e acho que a intenção da reunião e manifestação era outra bem mais clara e prioritária e que foi divulgada!
Não presenciei nenhum "forte bloqueio silencioso" - mas sim mera falta de organização e o facto de ninguém se querer assumir como coordenador... mas se alguém sentia essa necessidade, porque não assumir essa posição lá, em vez de vir agora para aqui chorar as frustrações?! É muito fácil criticar depois ... mas na hora, ninguém assume uma posição, nem questiona nada, nem mostra o envolvimento desejado cuja falta vem depois apontar (distinguindo-se dos "outros", como se merecesse alguma distinção...) - pois.. a falta de união deriva exactamente de atitudes como esta.
"Descrição derrotista", é favor! Foram mais que "espasmos" o que ouvi - e convém mencionar talvez que, apesar do número de facto reduzido de participantes (um pouco mais que 100 a certa altura), conseguimos cortar o trânsito enquanto descíamos a Rua do Alecrim... nada mau, ãh?
Se te revês como carneiro/a, faz favor não me incluas a mim, que andei bem plo meio da rua e ainda fui empurrada pela bófia, que inclusivé nos ameaçou de carga policial caso não atravessássemos a rua para a praça do rossio no sítio onde eles queriam - ordem á qual eu e meia dúzia desobedecemos... sem nada nos acontecer...
Se uma faixa só não bastava... porque não fizeste tu alguma coisa?? Se não havia frases de ordem, nem ninguém a incentivar que as gritássemos, porque não te chegaste á frente??
É irritante ouvir este tipo de críticas e choradinho, quando na hora H tá tudo caladinho à espera que alguém assuma a liderança... por estas e por outras é que fazem de nós gato sapato...

qual o interesse de fazer

qual o interesse de fazer manifs de activistas?!!?

manif anti-capitalista é à partida uma ideia má. mais valia ir dar uma boa tareia aos animalistas que estão a pensar assassinar cientistas à bomba.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.