13 refugiados mortos encontrados num barco à deriva no Mediterrâneo

Mais de 14.600 refugiados morreram a tentar passar o Mediterrâneo desde 2014.

Treze refugiados foram encontrados mortos hoje no Mediterrâneo central a bordo de um barco à deriva onde viajavam cerca de 167 pessoas.

Os meios de comunicação ocidentais já nem falam deste drama. A morte no Mediterrâneo já se tornou tristemente banal. A Europa não quer saber. A última tragédia ocorreu no Mediterrâneo Central, treze refugiados foram encontrados mortos ontem no Mediterrâneo central a bordo de um barco à deriva onde viajavam cerca de 167 pessoas.

Um total de 2.373 imigrantes morreram no mar Mediterrâneo ao tentar chegar às costas europeias até agora este ano. 2017 é o quarto ano consecutivo em que as mortes de refugiados no Mediterrâneo ultrapassa os 2.000 - Mais de 14.500 refugiados morreram a tentar passar o Mediterrâneo desde 2014.

Mais info: http://bit.ly/2upgMNl http://bit.ly/2uAu6zf

via: Guilhotina.info

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas