[Panama Papers] Jornalista responsável pela revelação do escândalo foi assassinada

Jornalista responsável pela revelação do escândalo foi assassinada. Suspeita-se de envolvimento estatal no homicídio.

Daphne Caruana Galizia foi a jornalista Maltesa responsável pela revelação do mega escândalo de corrupção, conhecido como Panama Papers, foi assassinada no passado dia 16. Daphne tinha saído de casa quando o carro que conduzia explodiu. A jornalista ficou conhecida internacionalmente por trazer a público o escândalo de corrupção Panama Papers, que envolvia algumas das maiores empresas mundiais e membros de diversos governos. Mas o seu trabalho também incidiu sobre a corrupção dos políticos de #Malta, assim como as ligações entre várias máfias, que controlam a ilha, e os tribunais e polícia do país. Recentemente tinha revelado vários escândalos financeiros e de corrupção envolvendo o primeiro ministro de Malta, Joseph Muscat, e membros da sua família e governo. Muscat não só não se manteve no poder, como foi o responsável pela presidência rotativa da #UE, que terminou em Julho deste ano.

O filho da jornalista, Matthew Caruana Galizia, levanta múltiplas acusações aos tribunais e polícia de Malta, dadas as revelações de corrupção feitas por Daphne relativamente a estas instituições. Para piorar a situação Daphne tinha apresentado queixas nas 2 últimas semanas por estar a receber ameças de morte, que a #polícia desmente publicamente indicando que nunca recebeu tais queixas. Mas o pior mesmo foi quando um dos #ACAB locais expressou o seu ódio à verdade e à justiça ao celebrar a morte da jornalista no facebook com a seguinte frase: “Todos têm o que merecem, estrume de vaca! A sentir-me feliz :)”

Via:
http://bit.ly/2hMGh5N
http://wapo.st/2x4ERKo
http://bit.ly/2hOpT4D
http://bit.ly/2gq6URp

Guilhotina.info

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas