[Espanha] Declaração de Mariana Huidobro, mãe de Rodrigo Lanza.

"Este sábado fui ver o Rodrigo à prisão.

Eu sabia que ele estava em isolamento. Isolamento preventivo, sem um julgamento legal porque o julgamento dos media foi imediato e como resultado do “alarme social” colocaram-no no primeiro grau. O que significa isto? Que estará em uma cela onde entra apenas uma cama. Uma cela vazia. Só. Poderá sair durante duas horas para um pátio quadrado, pequeno como uma pequena sala, onde não pode ver o céu. E só.

Eles dizem que querem protegê-lo. Mas o Protocolo de Istambul estabelece que o isolamento penitenciário pode ser um método de tortura e organizações internacionais consideram o isolamento apenas como uma sanção e por um máximo de 14 dias, pois pode gerar distúrbios psicológicos irreversíveis. Eles querem manter Rodrigo lá por pelo menos seis meses.

Quando eu vim vê-lo, levaram-no algemado, com dois funcionários na frente e dois atrás. Eu vi-o através de um vidro. Dentro do que se encaixa em uma situação tão difícil, está bem.

Nós olhamo-nos durante muito tempo e depois conversamos sobre o que tudo istoo significa. Ele contou-me o que aconteceu e eu falei sobre a distorção dos media que eles estão montando. Isto é muito sério, porque apesar do que é investigado é difícil mudar algo porque haveria muita pressão social. A juíza, no relatório, baseia-se no que foi escrito pelos media e não leva em conta o depoimento das testemunhas que foram apresentadas até agora.

O bom midiático que houve não teria existido se não fosse Rodrigo e não teria sido tão grande se tivéssemos estado noutro contexto político. A imprensa não só condenou fortemente Rodrigo antes de ler os relatos das testemunhas e dele, sobretudo, e mesmo antes de ter o testemunho, mas condenaram-nos a um ataque de nazis que nos forçarão a viver escondidos.

Recebemos muitas ameaças contra Rodrigo e contra mim nas nossas páginas do Facebook, do twitter, etc. Agora eu não posso sair para rua por causa do medo de ser reconhecida e atacada. O meu endereço saiu e as imagens da minha família foram publicadas nas redes sociais. Agora tememos pelas nossas vidas porque sei que Rodrigo foi atacado com uma navalha e sei que essas pessoas que o ameaçaram são perigosas. Continuo pensando que o meu filho poderia estar morto, mas ele defendeu-se e está vivo.

Muito obrigado a muitas, muitas pessoas que mostraram o seu apoio e carinho, para aqueles que nos defenderam. A verdade, mais cedo ou mais tarde, cai por seu próprio peso e tenho a certeza que isso vai acontecer.

Um abraço enorme".

Mariana

Fonte:
https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2017/12/19/espanha-declarac...

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas