[9 de janeiro] "Dia para a Acção Comum contra Assassinatos Políticos de Mulheres"

A 9 de Janeiro de 2013, 3 activistas kurdas foram perfidamente alvejadas e massacradas em Paris, a mesma cidade onde a Comuna de Paris já foi possível e uma cidade com historial reconhecido de resistência das mulheres.

As activistas kurdas Sakine Cansız, Fidan Doğan e Leyla Şaylamez foram assassinadas, no centro de Paris, numa colaboração entre serviços secretos internacionais e o regime turco. A mentalidade machista e o sistema de Estado-Nação atingiram não só estas 3 kurdas com este atentado mas também todxs aquelxs que lutam e resistem pela libertação das mulheres em todo o mundo.

O 9 de Janeiro é então tido como um dia em que relembramos os assassinatos de Sakine Cansız, Fidan Doğan e Leyla Şaylamez e o dedicamos a todas as mulheres no mundo que têm feito grandes sacríficios ou que perderam as suas vidas em actos de resistência política.

Este dia foi cunhado "Dia para a Acção Comum contra Assassinatos Políticos de Mulheres".

via https://www.facebook.com/SolidariedadeCurdistao/

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas