Le Monde diplomatique - Número de Abril nas bancas + livro "Leitura Furiosa"

Na edição de Abril analisamos as transformações na cidade de Lisboa, nas malhas da globalização neoliberal: da especulação e privatização do imobiliário até ao turismo e outras novas dinâmicas urbanas apoiadas no digital (Ana Jara, Ugo Rossi e Simone Tulumello). Destacamos também o movimento de entrada dos bancos na intervenção social, com os «social bonds» (Sílvia Ferreira) e reflectimos sobre o modelo de política educativa e de língua que beneficia todos, incluindo os refugiados (Dulce Pereira, Cristina Santinho). Propomos ainda um texto inédito de Maria Gabriella Llansol, apresentado por João Barrento.

No internacional, destaque para o renascimento dos trabalhistas no Reino Unido e para a crescente repressão na Turquia. Analisamos também as ambições do regime tchetcheno e as reacções de Moscovo. As eleições em Itália, os ataques aos serviços públicos na França de Macron, a persistente catástrofe de Fukushima e a necessidade de apostar em justiça fiscal na América Latina completam esta edição que chega às bancas no dia em que passam 50 anos do assassinato de Martin Luther King e revisita o seu combate, da não violência à luta de classes.

Boas leituras!

E com o jornal está nas bancas, o livro Leitura Furiosa (selecção de textos de Luiz Rosa e Regina Guimarães).
Boas leituras!

Índice de artigos aqui.

Le Monde diplomatique

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas