DENÚNCIA | DIRECÇÃO DO NÚCLEO DE ESTUDANTES DE SOCIOLOGIA DO ISCTE APOIA ASSOCIAÇÃO ANTI-ABORTO E ANTI-EUTANÁSIA SEM CONSULTAR ALUNOS

A Direcção do NESISCTE - Núcleo de Estudantes de Sociologia do ISCTE-IUL organizou ontem, sem consulta das suas bases, um evento de apoio à ‘Apoio à Vida’, uma IPSS anti-aborto e anti-eutanásia.

O Sindicato de Estudantes quer deixar claro desde já: somos contra as políticas anti-democráticas que querem proibir os núcleos de alunos de organizar actividades políticas. Defendemos uma Academia onde a liberdade de expressão, associação e reunião são plenamente respeitados, sendo que a participação política dos estudantes na vida da sua escola ou faculdade, assim como da sociedade em geral, é essencial para a existência de um ensino democrático.

No entanto, não podemos também aceitar a falsa despolitização do status-quo, que serve apenas para dar plena liberdade de expressão às elites que procuram privatizar o ensino e atacar os direitos da juventude trabalhadora, enquanto se censuram posições críticas a esse processo. Uma palestra sobre empreendedorismo é tão política como um debate sobre o direito das mulheres decidirem sobre o seu corpo.

O evento de ontem teve um conteúdo político claro, mas um conteúdo que não podemos deixar de denunciar. Sob a máscara do apoio “à vida”, o que esta IPSS realmente defende é a criminalização das mulheres, dos doentes terminais e dos trabalhadores da saúde dispostos a defender os seus direitos. E se é grave o apoio a uma tal iniciativa, ele torna-se mais grave ainda quando feito nas costas dos membros do próprio Núcleo.

Exigimos assim que a Direcção do NESISCTE peça publicamente desculpas aos seus membros e que, por fim, repudie as posições anti-democráticas, anti-aborto e anti-eutanásia da IPSS ‘Apoio à Vida’.

https://www.facebook.com/SindicatoDeEstudantes/

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas