[França] 1° de Maio: Em Paris, “black blocs” atacam “símbolos do capitalismo”

Mais de mil “black blocs” e de manifestantes ligados a grupos anarquistas tomaram as ruas de Paris nesta terça-feira (01/05) durante o protesto anual em celebração ao "Dia dos Trabalhadores e das Trabalhadoras".

Segundo a imprensa local, os “black blocs” se inseriram na passeata organizada pelos sindicatos majoritários, bloqueando o cortejo. Aos gritos de "todos detestam a polícia", “anticapitalismo”, “fascistas não passarão” ou "Paris, se revolte", o grupo destruiu várias vitrines no caminho, entre elas a fachada de uma concessionária Renault e uma lanchonete McDonald’s. Carros também foram incendiados.

Houve confrontos violentos entre a polícia e grupos de “black blocs”. Integrantes desse grupo lançaram pedras, garrafas, rojões e coquetéis molotov contra os policiais, que responderam com bombas de gás lacrimogêneo e canhões de água. Cerca de 200 pessoas foram detidas.

O ministro francês do Interior, Gérard Collomb, condenou “firmemente a violência e o vandalismo”, garantindo no Twitter que tudo fará para impedir “essas sérias alterações à ordem pública e prender os autores desses atos indescritíveis”.

agência de notícias anarquistas-ana

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas