José Mário Branco: “No estado em que esta porcaria está não sei o que hei de dizer. Não me sinto bem a cantar as coisas do costume”

José Mário Branco regressa com "Inéditos 1967-1999", um disco duplo que reúne canções feitas para filmes, maquetes restauradas, singles e temas 'perdidos'. A esse propósito, deu à BLITZ uma longa entrevista da qual pode ver, desde já, um excerto. Neste momento da conversa, o músico justifica a sua relutância em gravar novo repertório e voltar a dar concertos.

"O meu trabalho agora é dirigir os outros e fazer música para os outros. Pode ser que eu volte a cantar em palco, pode acontecer. Agora, não sei muito bem o que é que hei de dizer, no estado em que esta porcaria está. Não me sinto bem ir para o palco cantar aquelas coisas do costume".

Vídeo

http://blitz.sapo.pt/

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas