Comunicado da Assembleia Feminista de Coimbra

A Assembleia Feminista de Coimbra não quis deixar de se posicionar frente a este grave acontecimento, à forma de sua divulgação e repercussão pelas redes desde o início desta semana. Repudiamos qualquer tipo de violência motivada por lgbtqfobia, solidarizamo-nos às vítimas e desejamos que a situação seja apurada com justiça. Estamos nas ruas cotidianamente para lutar pela liberdade de nossos corpos e afetos, conscientes de que a cidade de Coimbra, assim como muitas outras, oprime e silencia identidades sexuais fora dos padrões normativos conservadores, do mesmo modo que também violenta outras identidades e formas de vida, por meio do machismo, do racismo e da xenofobia. Por isso, repudiamos também qualquer instrumentalização racista da luta contra uma violência homofóbica.

Quando a reportagem, bem como comentários que o seguem, associam diretamente a agressão homofóbica a generalizações racistas sobre etnias historicamente discriminadas neste país, aciona-se uma violência para combater a outra, perpetuando uma lógica de hierarquização de vidas em que se desejam punir os mesmos “culpados” de sempre. Acreditamos que a construção de uma sociedade livre de preconceitos e mais igualitária passa necessariamente por encarar todas as violências estruturais, sem hierarquizações. Por feminismos interseccionais!

https://esqrever.com/2018/07/16/como-noticiar-a-agressao-homofobica-ao-c...

Assembleia Feminista de Coimbra

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas