Le Monde diplomatique - Edição de Outubro nas bancas (+ livro)

Na edição de Outubro destacamos um estudo que mostra o papel decisivo que aspectos como a classe social e a escolaridade desempenham na nas desigualdades de bem-estar em Portugal. Analisamos também duas dimensões da crise da habitação: a crescente financeirização, com o anúncio do governo da criação de sociedades de investimento em património imobiliário; e a relação entre especulação imobiliária e desalojamento no alojamento local-global. As evoluções no sector da Defesa que juntam indústria, ciência e militarização merecem também uma reflexão que vai para lá dos episódios mais mediatizados.

No internacional, várias leituras da situação na América Latina, com destaque para as eleições no Brasil. A escalada de sanções entre os Estados Unidos e a China suscita a pergunta: até onde irão as tensões comerciais? Dez anos depois do início da crise económica, propomos pensar o cenário de um braço-de-ferro entre Estados e mercados: o que seria preciso fazer e quais as consequências? Das lutas pela obtenção de documentos ao exercício de direitos sindicais, passando pelas políticas em relação às drogas e pelo «regresso das bruxas», muitos motivos para fazerem connosco esta viagem mensal pela actualidade e pelos conflitos do mundo.

Boas leituras!

E com o jornal está nas bancas, o livro A Cidade em Reconstrução. Leituras Críticas, 2008-2018, André Carmo, Eduardo Ascensão e Ana Estevens (eds.).

Índice de artigos aqui.

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas