09/03/2018 - 20:24

One week in Afrin, one week of resistance

363 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 17:29

Carta aos comités locais, apoiantes do movimento e a todas aquelas e aqueles que se revêem no movimento contra o aeroporto e o seu mundo

ZAD, janeiro 2018
https://zad.nadir.org/

ZAD
421 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 17:27

Quando os espanhóis ligaram, esta manhã, o seu rádio ou a sua televisão, não ouviram as habituais vozes femininas que apresentam os noticiários matutinos: as jornalistas espanholas trocaram os seus relatos informativos por palavras de ordem contra a desigualdade de género e juntaram-se àquela que é a primeira greve feminista da história em Espanha.

Continuar a ler

372 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 15:46

https://rededesolidariedade.wordpress.com/2018/03/08/a-nazare-ficou/

Depois de um longo e nem sempre transparente processo que levou vários meses, a persistência da Nazaré, com o apoio da Rede, deu frutos. Foi hoje acordada e assinada uma reestruturação da dívida do empréstimo de habitação da Nazaré, que lhe permitirá permanecer na sua casa com a sua mãe e filho.

Apesar de longe de ideal, a Nazaré está muito satisfeita, visto que sozinha e com vários advogados apenas tinha obtido silêncio e a ameaça de despejo do seu lar por parte da Caixa.

338 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 15:39

Tudo indica que o processo de independência da Catalunha, na forma de República, foi contido pelo Estado espanhol. O desenrolar do conflito e os seus antecedentes históricos foram abordados longamente na última edição deste jornal. No artigo fazíamos referência a uma estratégia «pensada e posta em prática deliberadamente pelo Estado espanhol», que tinha por objectivo a sua recentralização.

384 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 15:37

https://grazia-tanta.blogspot.pt/2018/02/os-dez-anos-de-crise-ganhadores...

Dez anos depois, as medidas neoliberais, a única coisa que apresentam é um sistema financeiro frágil e uma nova bolha especulativa em crescimento; e o aumento do consagrado PIB mantém-se anémico baseado em salários baixos e no desempenho chinês. Os keynesianos também não brilham como alternativa.
As classes políticas cumprem as ordens de continuidade da mansidão da plebe, alimentando nacionalismos, xenofobias e, em breve assumidos fascismos; beneficiando da ausência de um pensamento atualizado de esquerda.

391 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 15:12

A greve feminista deste 8 de março contou com pelo menos 123 manifestações, 192 concentrações e 185 acções variadas em toda o Estado Espanhol, de acordo com a compilação feita por El Salto Diario. Em Madrid, um milhão de pessoas sairam à rua de acordo com os sindicatos, em Barcelona 600 mil. Em Sevilha, mais de 100 mil, de acordo com a Câmara Municipal. Em Bilbao, mais de 60 mil pessoas. Mais de 40 mil em Vigo ... (via: http://bit.ly/2DcS3Pq)

416 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 13:37

458 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 11:06

488 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 10:43

383 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 10:42

La huelga feminista de este 8 de marzo, en el día internacional de la mujer, se ha hecho notar desde primera hora de la mañana en las grandes ciudades de España. Los sindicatos mayoritarios, CC.OO. y UGT, han cifrado en 6 millones de trabajadores el seguimiento de la jornada, tomando de referencia los paros parciales de dos horas por turno convocados por estas centrales.

Las organizaciones han llamado a movilizarse en una jornada que han calificado de “histórica” por la igualdad de derechos entre hombres y mujeres en tanto que “sin igualdad no hay libertad”.

491 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 10:41

373 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 10:40

#8M Greve feminista estado espanhol | Maior manifestação multitudinária em #Madrid,1 milhão de pessoas nas ruas a gritar : "Vamos queimar a conferência episcopal, por machista e patriarcal!"

Em Madrid para apoiar as mulheres em greve foram abertos mais de 30 centros de cuidados. Nesses centros existem creches, centros de dia, cantinas, sítios de descanso autogeridos que servem de apoio às mulheres que querem fazer greve (Mais info: http://bit.ly/2G6Qo1b).

416 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 10:38

#8MartDünyaKadınlarGünü No meio de toda a repressão, de toda a perseguição política, e das violações de quase todas as liberdades, umas vez mais milhares de mulheres tomaram as ruas de Istambul no #8M.

Vídeo

367 leituras | 0 comentários
09/03/2018 - 10:28

395 leituras | 0 comentários
08/03/2018 - 15:27

Miembros de seguridad intentan cerrar las puertas pero no lo consiguen.

Finalmente, ante la gran presencia de asistentes, el centro comercial ha tenido que cerrar las puertas mientras que las mujeres* les recordaban que es una huelga de trabajos, cuidados, educación y consumo.

SEGUIMIENTO ESPECIAL http://halabedi.eus/m8-jarraipen-berezia/

Vídeo

393 leituras | 0 comentários
08/03/2018 - 15:16

Desde 2012 que, no norte da Síria, resiste uma região autónoma conhecida por Federação Democrática do Norte da Síria, vulgo Rojava. Esta terra, habitada por povos de diferentes etnias e religiões, colocou em prática um novo modelo de organização social ao qual chamam Confederalismo Democrático.

432 leituras | 0 comentários
08/03/2018 - 14:56

Arquivo: https://aideia.blog/arquivo-2/i-serie/

Suplementos: https://aideia.blog/suplementos/

Site: https://aideia.blog/

A revista “A Ideia” foi o primeiro órgão de imprensa anarquista a ver a luz do dia após o 25 de Abril de 1974 em Portugal. A revista já estava a ser preparada em França quando se deu o 25 de Abril. Foi-lhe introduzido um texto referente ao golpe militar e distribuída durante o mês de Maio de 1974 (data, aliás, que figura no cabeçalho).

407 leituras | 0 comentários
08/03/2018 - 14:00

«Não se sabendo com rigor histórico a origem do dia 8 de Março, consta que há 161 anos, em 1857, 129 operárias têxteis morreram depois de os patrões terem incendiado a fábrica, ocupada por motivos de greve. Há várias versões sobre a escolha deste dia, até porque no período que se seguiu, até à I Guerra Mundial, organizavam-se os primeiros movimentos de mulheres, sobretudo na Europa e Estados Unidos, nos quais se destacaram as lutas das operárias por salários dignos, redução da jornada de trabalho, melhores condições laborais, e pelo direito das mulheres ao voto e à igualdade.

359 leituras | 0 comentários
Syndicate content