Nasceu a FÁBRICA DE ALTERNATIVASMovimentos sociais

Nasceu a FÁBRICA DE ALTERNATIVAS - espaço autogerido pela Assembleia Popular de Algés com a finalidade de criar novas alternativas sociais e económicas. A FÁBRICA DE ALTERNATIVAS é um projecto que nasceu na Assembleia Popular de Algés e que está a crescer na confluência de três locais da nossa freguesia; Algés, Linda-a-Velha e Miraflores.


1,978 leituras     2 comentários
Madrid: Detenções em massa por ação direta antifascistaRepressão

Na 5ª feira, 28 de Novembro, a Polícia Nacional iniciou uma ampla operação repressiva contra ativistas de coletivos diversos, sob o pretexto da perseguição dos responsáveis de uma ação direta antifascista, realizada a 20 de Novembro na Universidade Complutense de Madrid. Hoje, 1 de Dezembro, tem lugar uma concentração de solidariedade, pelo fim da repressão.

antifascismo, Madrid
1,494 leituras     1 comentários
Marcas de luxo e nova lei das rendas fecham espaços históricos de LisboaDiscriminação, Economia, Poder e autodeterminação

A nova lei das rendas e o forte interesse de marcas de luxo internacionais pelas zonas históricas das cidades já estão a ter impacto no imobiliário nacional. Em Lisboa, são vários os espaços comerciais que já estão a fechados ou a fechar, porque não conseguem pagar as rendas actualizadas ou porque foram despejados para dar lugar a escritórios, hotéis, casas ou lojas de luxo com rendas bem mais altas que as actuais.

gentrificação, Lisboa
1,398 leituras     0 comentários
XXX Assembleia Popular de Algés / PROTESTOArte e Cultura, Repressão

No Sábado, dia 23 de Novembro de 2013, pela primeira vez a Assembleia Popular de Algés, para além de um local para debate livre e aberto dos cidadãos, será também um local de protesto pela prepotência da segurança privada, agora contratada para guardar o Parque Anjos, e da Polícia Municipal que proibiu e obrigou a retirar a banca de troca livre de livros por não ter sido pedida permissão à Câmara Municipal.


2,965 leituras     5 comentários
Texto de apelo à desobediênciaEconomia, Poder e autodeterminação

"Temos de desobedecer às leis e imposições injustas, temos de dar uma resposta ao Estado na única coisa que lhe é importante - o dinheiro dos nossos impostos". Nélson está desempregado e carece de apoio adequado para a doença degenerativa de que padece. Sob o lema "Sem rendimentos não há pagamentos", decidiu deixar de pagar impostos e solidarizar-se com quem não paga transportes públicos, e apela a tod@s a fazerem o mesmo.

desobediência civil, impostos
1,870 leituras     0 comentários
Attica, Grécia: Crónica da revolta no campo de concentração de AmygdalezaDiscriminação, Repressão

Na noite de 10 de Agosto de 2013, no isolado e fechado campo de concentração para imigrantes sem documentos em Amygdaleza, o maior desse tipo na Grécia, e após um ano de tormentos psicológicos e físicos, os condenados deitaram fogo aos muros e consciências e, pelo menos por algum tempo,tornaram-se visíveis com os seus corpos e vozes.


1,477 leituras     0 comentários
Morreu António Ferreira

É com muita tristeza que informamos que o António Ferreira morreu esta 4ª-feira, dia 6 de Novembro.
Rebelde, libertário e um lutador dentro das prisões, o António tinha 73 anos e estava fora há apenas 1 ano e meio.


1,665 leituras     0 comentários
Fazer pontes, ocupar a rua, parar o Porto de LisboaEconomia, Movimentos sociais, Poder e autodeterminação

Na mesma noite em que a CGTP anunciava que cedia à chantagem governamental e alterava a manifestação que, até então, tinha a Ponte 25 de Abril como local "irreversível", surgia uma convocatória rebelde que apela ao bloqueio do Porto de Lisboa. Ei-la:


3,033 leituras     7 comentários
[Catalunha] Okupaçao contra a linha de Muita Alta Tensao

Em Girona, okupou-se um espaço, com o objectivo de ser um ponto de encontro e de luta contra a linha de Muita Alta Tensão. Escolheu-se uma casa que também será afectada pelo traçado da linha. Promete-se oposição frontal.


2,087 leituras     0 comentários
Centenas bloqueiam transporte de carvão na AlemanhaEcologia

Duas centenas de pessoas conseguiram este fim-de-semana bloquear a linha de comboio que transporta o carvão das minas a céu aberto da Renânia, Alemanha. A ação decorreu durante os acampamentos Klimacamp e Reclaim the Fields: centenas de pessoas acampam perto de Colónia, para exigir o fim do uso de energias fósseis e da destruição do planeta em nome do lucro.

ação direta, Alemanha
2,263 leituras     1 comentários
Conteúdo sindicado
PublicarMelodias